Além do horizonte, existem outros mundos a serem descobertos.
Lá, folhas não caem, elas flutuam.
Lá, o meio de transporte são pássaros que vem até você e com o suspiro de seu amor, neste mundo todos andam de mãos dadas lá é aonde a harmonia toma conta da natureza de todas as espécies viventes.
Lá, não colhemos flores, mas as flores colhem a gente.
Chegou o tempo de despertar e acreditar que esta vida vale apena ser vivida.
-Rhenan Carvalho-

sexta-feira, 27 de julho de 2007

Prece indígena


Prece indígena

Há uma prece indígena que diz:

"Deixem-me seguir as pegadas do meu inimigo por três semanas,
carregar o mesmo fardo e passar pelas mesmas provações que ele,
antes de dizer uma só palavra de desaprovação à sua conduta".

São palavras que encerram uma profunda sabedoria.
Julgar o procedimento alheio, sem antes procurarmos entender os motivos que o levaram a agir assim, é o caminho mais fácil, porém é também o que mais nos leva a cometer injustiças.
Sempre esperamos que os outros entendam nossas motivações e quando não o fazem nos sentimos injustiçados.

Mas será que nós procuramos sempre entender as razões alheias?
Será que, ao menos por um instante, seríamos capazes de tentar imaginar como agiríamos se estivéssemos no lugar da outra pessoa?

Poucos de nós ao menos tentam.
Mas, a maioria de nós não hesita em desaprovar tudo que esteja contrariando aquilo que considera "certo".

Experimente, ao menos uma vez,
carregar o fardo de seu inimigo...

Um comentário:

Anônimo disse...

Muito inspirador, obrigada, vou tentar introduzir essa meta no meu dia-a-dia...
Grata,
Ana Paula.
anapaula144@hotmail.com

Postagens Recentes