Além do horizonte, existem outros mundos a serem descobertos.
Lá, folhas não caem, elas flutuam.
Lá, o meio de transporte são pássaros que vem até você e com o suspiro de seu amor, neste mundo todos andam de mãos dadas lá é aonde a harmonia toma conta da natureza de todas as espécies viventes.
Lá, não colhemos flores, mas as flores colhem a gente.
Chegou o tempo de despertar e acreditar que esta vida vale apena ser vivida.
-Rhenan Carvalho-

sábado, 25 de dezembro de 2010

O amor é um caminho... e todo caminho é infinito!

Amar é um presente; uma oportunidade de nos fazer perceber que o amor é um caminho... e um caminho só serve quando a gente passa por ele... e não quando a gente fica parado, só para que ele nunca termine!

Cada caminho tem uma extensão. Cada amor tem seu tempo de duração. Impossível prever. Impossível prolongá-lo para além do que ele é. Contudo, muitas vezes sentimos tanto medo de avistar o fim desse caminho, que decidimos pegar o primeiro retorno e fugir. E assim, descobrimos que é possível não percorrer todo o caminho.

É assim, infelizmente, que somos. Desesperados pelo medo de que o fim esteja mais perto do que imaginamos, interrompemos a caminhada, paramos no meio do caminho, iludidos com a possibilidade de eternizá-lo...

Mas caminho por onde não se anda, não é caminho; é perda de tempo. Amor para o qual você não se entrega, não se solta, não se doa, não é amor; é desperdício. Amor que você nega, que você foge, que você recusa, não é amor; é pecado!

Amor no qual você não mergulha, porque tem medo de se afogar, não é amor; é passatempo. Amor é pra viver, é pra sentir, é pra que você se transforme nele. Inteiramente, em cada poro, em cada célula, em cada pulsação!

No entanto, nos deixamos enganchar nas perguntas, nas dúvidas, nos medos. Nos deixamos paralisar pelo medo! Medo de nós mesmos, medo do depois! E, assim, nos convencemos de que o caminho terminou, de que fomos até onde tínhamos de ir! Engolimos o destino que inventamos como se não houvesse outro jeito, outra saída.

Pois eu vou dizer o que penso! O amor é um caminho... e todo caminho é infinito. Porque um se emenda no outro. Porque mesmo quando ele é “sem saída”, você pode voltar e andar novamente por onde veio, até encontrar um atalho. Porque ainda que você sonhe com outros caminhos, diferentes deste pelo qual você anda agora, só existe uma atitude que pode impedi-lo de chegar lá: desistir de caminhar... desistir de amar!

Sugiro que você pare de acreditar que, uma vez caminhando, você é você e o caminho é o caminho. Você não está sobre o caminho. Você não está controlando o amor. Você é o caminho. Você é o amor! Porque somente se for assim, terá sido amor!

É preciso que você se veja como um caminho e que, sobretudo, você seja um caminho. Porque existe alguém, em algum lugar, que sonha com um caminho como você... e somente se você se render, somente se você se permitir, poderá experimentar o êxtase de, ao mesmo tempo, caminhar e ser um caminho... amar e ser amado

Rosana Braga

Uma oração especial

Grande Consciência Cósmica,

Energia Pura que não tem início e não tem fim...

Fonte da Essência e do Sopro de Vida em nós

Fazei Vossa LUZ brilhar em nossos corações para que possamos torná-la útil .

Ajuda-nos a seguir nosso caminho respirando o sentimento que emana do Centro da Origem do Universo.

Que nossas vibrações energéticas emanadas de nossos pensamentos estejam permanentemente em sintonia única com o Todo.

Que a Luz Maior penetre em todas as formas, em toda existência individual, assim como em todas as comunidades.

Faze-nos sentir a Alma da Terra dentro de nós, pois, assim, sentiremos a Sabedoria que existe em tudo.

Não permitas que a superficialidade do consumismo e a aparência das coisas da vida terrena nos iludam.

Liberta-nos de tudo aquilo que impede nosso crescimento espiritual.

Não nos deixes ser tomados pelo esquecimento do que somos e do que fazemos neste planeta.

Que o livre-arbítrio do qual somos providos, seja utilizado para o bem ao próximo e a nós mesmos.

Que nunca menosprezemos nenhum semelhante, mesmo que esteja no papel de um inimigo.

Que os sentimentos de rancor, ódio, inveja e ganância, sejam banidos permanentemente de nossos corações.

Lembra-nos sempre de nossos ascendentes e de nossa origem.

Que a Energia Cósmica, que tudo permeia, renove constantemente e preencha nossos corações com o Amor Verdadeiro.

Que esse sentimento de Amor Puro seja como a terra onde brotam e crescem nossas escolhas...

...inspirados no exemplo Daquele que 2010 anos atrás nos mostrou o que é

AMOR MAIOR !


por Orual Ojellav - 24/12/2010

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Cá Fora

É fácil ser monge dentro de um mosteiro.
Viver uma vida ascética, voltada para a meditação,
Lendo textos sagrados, ocupando-se de pequenos afazeres,
mantendo-se alheio às misérias do mundo,
mncerrando-se dentro de si mesmo
na sensação de ter encontrado a paz.

Por vezes, pergunto-me se isso seria uma
evolução espiritual egoísta, ou uma fuga
dos desafios que a vida apresenta?

Mas válido seria trabalhar a serviço da luz,
mas vivendo cá fora, enfrentando as tentações,
a violência, as injustiças, a maledicência,
os confrontos dos egos e todos os problemas
que a vida comum oferece.

Tempo não faltaria para o recolhimento às práticas
dos exercícios espirituais , porém estaria presente,
indicando com exemplos e palavras sutis o caminho
do amor ao próximo, que é o mesmo do amor a Deus.

Amar é importar-se e quem está na senda da evolução
se importa, e muito, com o que ocorre na Terra,
com o mais fraco, o oprimido e o discriminado,
incentivando a coragem de vencer, a auto-estima
de cada um e fazendo-o descobrir que dentro de si
há algo chamado Presença Divina, que tudo pode
quando é invocada e se permite que ela atue.
Este serviço à luz, qualquer um de nós pode escolher
e ao fazê-lo será espiritualmente orientado.
Não há um tempo específico para começar,
contudo, o melhor momento é agora.
O mundo carece.

Daniel

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Em busca de si mesmo...

Um dos grandes desafios da nossa alma e da nossa existência é a busca de nós mesmos. Quem somos, o que queremos, o que nos deixa felizes, quais os nossos sonhos mais íntimos, que padrões negativos queremos quebrar - esses são alguns dos questionamentos que temos que fazer em nosso processo de autoconhecimento, no processo da busca de si mesmo.
Dificuldades surgem no caminho, cansaço, estresse, dúvida, medo, ansiedade. Pedras que nós mesmos colocamos na trilha de nossas vidas. Só teremos êxito em nossa jornada se aprendermos a mudar. É preciso deixar de ser quem não somos, é preciso abandonar o que não gostamos, deixar de fazer o que não queremos, eliminar de nossa vida o que nos faz sofrer. É preciso mudar para ser quem se é.
É fundamental irmos ao fundo de nossa alma, as nossas profundezas, para lá nos encontrarmos, para assim podermos abandonar a ilusão em que vivemos e começarmos a vivenciar os nossos sonhos mais íntimos, escondidos e verdadeiros. Para podermos cumprir a nossa verdadeira missão. Você pode encontrar a si mesmo indo para dentro de você.
Lute, mude, tenha força e persistência e vá ao encontro de você. Como diz a letra da música Companheiro, de Maria Eugência: "Vai amigo, não há perigo que hoje possa assustar. Não se iluda, que nada muda se você não mudar. Ponha alguma coisa na sacola, não esqueça a viola, mas esqueça o que puder e cante que é bom viver. Rasgue as coisas velhas da lembrança, seja um pouco de criança, faça tudo o que quiser e cante que é bom viver."

Gisele Dieder

Amanhã pode ser tarde demais...

Existe um ditado que diz: “não se deve deixar para amanhã o que se pode fazer hoje”, oportunidades passam, com a mesma intensidade que aparecem, e amanhã pode ser tarde demais, pois muitas coisas podem acontecer em um minuto quem dirá em um dia, por isso é preciso ter certeza e noção da importância do que se está deixando para trás, já que o tempo não para e assim sendo, não esperara que você faça sua escolha para então seguir seu curso.

Há momentos na vida que precisamos escolher nosso caminho e o que fazer do nosso futuro logo, pois algumas oportunidades aparecem uma só vez, após isso, se não aproveita se esvai e ficaremos somente com as incertezas, os chamados “SE’s”, se eu tivesse feito isso, se eu não abrisse mão daquilo, e por aí vai.
Creio que é preferível pecar por ação que por omissão, mais vale tentar e falhar, que ficar o resto da vida pensando no que poderia ter acontecido se eu tivesse tentado. Já insisti em muitos erros pensando poder corrigi-los, não consegui, porém tentei, dei meu máximo e não obtive êxito. Houve também momentos nos quais sabia que deveria desistir, e mesmo assim segui em frente, fui além dos limites aceitáveis e mesmo assim acabei falhando.

Contudo nunca me senti um derrotado, pois sempre corri atrás das oportunidades, insisti no que achava certo, e mesmo perdendo sempre tirava de cada falha uma experiência, algo que mais em frente me ajudaria de alguma forma. Tive coragem de renunciar a alguns sonhos para propiciar a realização de outros, e nunca deixei que os ”SE’s” da vida fizessem com que me arrependesse da escolha feita.

Com o tempo aprendi a medir meus esforços, não ultrapassando o limite do que está ao alcance. Hoje sei aceitar uma derrota, sei quando devo parar de lutar, e então vou à procura de algo novo, uma nova meta, deixando para trás o que passou, trazendo comigo só as experiências adquiridas e a certeza que não se deve gastar energias em uma batalha perdida, pois o verdadeiro vencedor não é aquele que obtêm êxito em todas as suas batalhas, mas sim aquele que consegue tirar das derrotas experiências que o farão não repetir os mesmos erros novamente.
“Há pessoas que pedem uma única oportunidade, outras tem várias e simplesmente não aproveitam.”

Rivaldo Yagi

Postagens Recentes