Além do horizonte, existem outros mundos a serem descobertos.
Lá, folhas não caem, elas flutuam.
Lá, o meio de transporte são pássaros que vem até você e com o suspiro de seu amor, neste mundo todos andam de mãos dadas lá é aonde a harmonia toma conta da natureza de todas as espécies viventes.
Lá, não colhemos flores, mas as flores colhem a gente.
Chegou o tempo de despertar e acreditar que esta vida vale apena ser vivida.
-Rhenan Carvalho-

sábado, 14 de agosto de 2010

O efeito sombra

"Todos somos sagrados, no entanto, o problema é que nossas cicatrizes não se mostram assim aos olhos de outras pessoas. Em vez disso, elas se mostram como defeitos de caráter. Seus defeitos de caráter não dizem respeito a você ser mau, mas sim a estar ferido. Não importa quem ou o que causou o ferimento, agora ele é seu e você é responsável por ele. Você não pode viver com uma placa no pescoço onde esteja escrito: 'Não é culpa minha. Meus pais eram difíceis'.

Sua única forma de sair desse enigma é assumir total responsabilidade por seus defeitos. Seus defeitos de caráter são sua forma de se sabotar, o meio de ferir a si mesmo e aos outros. Por isso, você precisa encará-los. Até assumir total responsabilidade por sua experiência, você não conseguirá mudar isso. Porém, uma vez que tenha verdadeiramente olhado para si mesmo, pode começar a se curar. Você abriu os olhos e agora vê. 'Vejo que fiz isso. Admito. Entendi'. Depois de assumir o que somos na sombra, podemos prosseguir na jornada de volta à luz".

Marianne Williamson .

Ame a si mesmo

Todo amor começa pelo amor-próprio. Para que os outros possam beber da sua taça, antes é preciso que ela esteja cheia. E, quando secar, ninguém melhor do que você sabe como tornar a enchê-la.
Amar a si mesmo significa dar ao seu corpo o alimento, o exercício e o repouso de que ele precisa. Significa ouvir com atenção seus sentimentos e pedir a outrem aquilo que deseja sem se sentir culpado.

Amar a si mesmo significa também saber fazer um elogio a si mesmo, dar tapinhas nas próprias costas. Significa abandonar de vez a autocrítica e o auto-julgamento e aceitar-se do jeito que se é.
Amar a si mesmo significa ainda ter cuidados consigo mesmo, saber dar prioridade às suas necessidades, se isso for indispensável para manter a sua integridade. Quando você cuida de suas próprias necessidades, está mais bem preparado para satisfazer as necessidades de amigos e pessoas queridas.

Amar a si mesmo significa, enfim, ser o pai do seu filho interior. Quando essa criança estiver aflita, dê-lhe amor e atenção. Leve você mesmo para jantar fora ou ofereça-se uma sessão de massoterapia. Quando você passa a dar a si mesmo, acaba se tornando uma coisa natural dividir com outrem aquilo que pode doar de si.
Ame o próximo como a si mesmo. Quantas vezes, porém, já não nos concentramos no "outro", esquecendo de ser nós mesmos? Quando você aprende a se amar e a se aceitar, sua luz interior se derrama para fora na forma de bênção e de cura para os seus semelhantes.
(a.d.)

Meditação

O devoto que faz o esforço supremo é o devoto que encontra Deus. Não é o que sempre procura uma desculpa dizendo: "preciso encontrar um lugar tranquilo; só então poderei meditar. O procrastinador jamais alcançará Deus. Mas se você disser a si próprio: "vou meditar profundamente agora ! você alcançará o seu objetivo num segundo.
"Quando uma pessoa está realmente com sono, não é possível que cochile em qualquer lugar? O mesmo se dá com a pessoa que ama a Deus; essa pessoa é capaz de meditar até mesmo numa estação de trem ou dentro de um mercado."

'Meditar por pouco tempo, mas profundamente, é melhor do que meditar muitas horas com a mente agitada.

"No começo, portanto, não se obrigue a se sentar em meditação por muito tempo. Empenhe-se no sentido de realizar meditações breves, mas profundas. Depois, aos poucos, à proporção que você for se acostumando a meditar com profundidade, dilate o período de meditação."

"Não se sinta mal se você perceber que está muito inquieto para meditar profundamente. A calma virá com o tempo, se você praticar regularmente. Jamais aceite a idéia que você não foi feito para meditar. Lembre-se: a calma é a sua natureza eterna e verdadeira."

"Na meditação, tente ir além do pensamento. Enquanto os pensamentos surgirem na sua cabeça, você ainda está no nível consciente. Ao sonhar, você está no subconsciente; depois disso, você se torna mais perceptivo no corpo astral. Quando sua consciência recua ainda mais profundamente, até a superconsconsciência, então, você está concentrado na bênção, na espinha.

Nesse estado de bem-aventurança, você está consciente no corpo causal, na alma".

Um devoto estava tendo dificuldade em continuar acordado durante a meditação. Yogananda fez a seguinte sugestão a ele: "Cerre os olhos várias vezes, e depois fique de olhos arregalados, fixando o olhar adiante. Repita essa prática uma, duas vezes ou mais. Se fizer isso, o sono deixará de perturbá-lo."

"Enquanto estiver meditando, não se concentre nas consequências da meditação. Em vez disso, medite para agradar a Deus. Se buscar resultados, você ficará desapontando caso eles não venham.

No Bhagavad Gita, Krishna aconselha a ação sem o desejo para as consequências da ação. A meditação, também, deveria ser abordada dentro desse espírito. Medite sem o apego aos resultados da meditação."

Um discípulo estava tendo dificuldades para meditar. Ele perguntou a Sri Yogananda: Será que eu não estou tentando o suficiente ? O Mestre respondeu: "Você está se empenhando demais. Está usando muita energia. Isso o deixa nervoso. Fique descontraído e aja com naturalidade.

Enquanto tentar meditar, você não será capaz de fazer isso, da mesma forma que você não consegue dormir enquanto você quer dormir. A força de vontade deverá ser usada aos poucos. De outro modo, ela pode tornar-se prejudicial. Eis por que é melhor, no começo, dar ênfase ao relaxamento."

"Mestre", disse um discípulo. "tenho medo de ficar sem ar durante a meditação. O que posso fazer para vencer essa limitação?

"O que você tem diante de si é um obstáculo normal no seu caminho ", Yogananda respondeu. "Idéia enganosa", é como se chama. Você está com medo de algo que, para a sua alma, é perfeitamente natural: a profunda tranquilidade interior.

Sua mente é como uma ave que esteve presa numa gaiola durante muitos anos. Ela tem medo da liberdade. No entanto, a liberdade é um direito inato.

Alguém abre a porta para deixar a ave sair. Ela pode dar alguns pulinhos e voar a uma curta distância, mas, de repente, ela pensa: "Oh, o mundo é grande demais ! "; assombrada, ela volta depressa para dentro da gaiola. "Aos poucos, depois de repetidas investidas, a ave se acostuma a estar do lado de fora da gaiola. Finalmente, certo dia, ela abre as asas e voa para o céu, livre! E por que livre? É muito simples: porque ela finalmente aceitou a liberdade como o seu estado natural. O mesmo se dá com o devoto no momento em que ele conhece a liberdade da alma. Mas lembre-se: assim como é natural para a ave voar para o céu, também é natural para a alma pairar na onipresença. "

"Uma espinha arqueada é o inimigo da realização. Em meditação, mantenha sempre a coluna ereta, a fim de que a força vital possa fluir através dela sem encontrar obstáculos.

Um discípulo perguntou: "Como é possível desenvolver a intuição? Yogananda respondeu: "Sempre que você meditar, a melhor maneira é se sentar calmamente por longo tempo depois de se exercitar nas técnicas. É durante esse período que você será capaz de aprofundar a percepção que tem da presença de Deus dentro de você. Aprofunde-se cada vez mais na satisfação dessa presença. Quanto mais você desfruta da paz interior, mais rapidamente você desenvolve a sua intuição."

"Se você comer a sua comida e depois sair correndo, você não será capaz de usufruir o que comeu; é possível que você tenha apenas uma indigestão. Porém, se você repousar depois de ter-se alimentado, perceberá que esse é o melhor momento para usufruir os efeitos da sua alimentação. Faça a mesma coisa depois de terminar a prática de Kriya Yoga. Não dê um pulo imediatamente, mas sente-se calmamente por um longo tempo - enquanto você puder ficar assim confortavelmente. Reze a Deus profundamente. Pratique Bhakti Yoga, a devoção. Ou observe o fluxo da respiração na espinha enquanto ouve os ruídos interiores com os ouvidos abertos. "

Parahamsa Yogananda

Postagens Recentes