Além do horizonte, existem outros mundos a serem descobertos.
Lá, folhas não caem, elas flutuam.
Lá, o meio de transporte são pássaros que vem até você e com o suspiro de seu amor, neste mundo todos andam de mãos dadas lá é aonde a harmonia toma conta da natureza de todas as espécies viventes.
Lá, não colhemos flores, mas as flores colhem a gente.
Chegou o tempo de despertar e acreditar que esta vida vale apena ser vivida.
-Rhenan Carvalho-

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Sempre é tempo de recomeçar

Neste momento deixe de lado as lamentações, os pensamentos negativos, sua tendência em sentir que nada vai melhorar, as insatisfações, preocupações, enfim, a sensação de que não vai conseguir o que quer, mas que são sentimentos até naturais pelo próprio estresse do mundo.

Deixe de lado o papel de vítima, de que tudo de ruim acontece com você e REAJA!
Seja qual for o problema que você esteja passando, você pode reagir. Mas para que esse processo de mudança possa ocorrer é preciso que ocorra primeiro dentro de você.

Lembre-se, os problemas não deixam de existir, mas o que pode fazer a diferença é a sua maneira de enfrentar um a um.
Você pode não ter controle sob os fatores externos, pessoas, fatos, mas pode ter controle sob seus próprios pensamentos e a própria vida.

Para isso você pode começar fazendo uma faxina mental. Vamos tirar tudo aquilo que faz sofrer de dentro de você.
Faça uma lista agora mesmo do que incomoda, preocupa, irrita e das lembranças que não usa e não quer mais. Conforme for escrevendo ou lembrando do que você quer se livrar imagine realmente "saindo" de dentro de você.

O que você quer jogar fora, tirar de dentro de você?
Jogue fora aquelas palavras que ouviu e machucam até hoje.
Jogue as mágoas, as lembranças de um dia triste. Jogue fora as desilusões, as brigas, a raiva, aquela angústia no peito, a tristeza, o desânimo, o fracasso, a insegurança, culpa, o medo, a depressão.

Se estiver com alguma dor ou doença, imagine saindo de dentro de você.
Jogue fora todas as expectativas frustradas, todos os relacionamentos doentes e destrutivos.
Jogue fora tudo aquilo que não deu certo.
Jogue fora tudo aquilo que te prende a um passado que faz sofrer. E também todas as tranqueiras que guardamos e machucam.
Jogue fora fotos que só trazem lembranças tristes ou de quem te machucou.
Para que guardar coisas que só trazem lembranças ruins?
O que mais você quer jogar fora?
Jogue sua ansiedade, seu vazio interno.
Jogue fora a sua necessidade de comer sem parar.
Jogue tudo fora, sem culpa e, se a culpa aparecer, também a jogue fora.

Livre-se da sua necessidade de agradar, ser aprovado.
Deixe de lado os sonhos de outras pessoas.
Pare de carregar o mundo (problemas dos outros) nas costas e sinta-se leve, solte seus ombros, respire profundamente e ao soltar o ar por entre os lábios, imagine soltando e saindo de dentro de você toda energia negativa que existe dentro de você e prepare-se agora para resgatar ou recomeçar a ter os seus próprios sonhos.

Depois que escreveu tudo isso numa folha de papel, você poderá amassar, rasgar ou colocar fogo para que o Universo transforme tudo isso.
Agora vamos começar a preencher todo esse espaço vazio.
Você irá escrever em outra folha de papel.

Só que essa você não irá jogar fora, mas pode colocar uma gotas de perfume e guardar num lugar muito especial.
Com o que você quer ocupar esse espaço?
Coloque o que quiser, eu só vou dar algumas sugestões.

Você pode começar imaginando uma linda luz azul envolvendo todo seu corpo, por dentro e por fora.
Agora coloque dentro de você determinação, compreensão, serenidade, discernimento, calma, alegria, realização pessoal e profissional.
Coloque ainda, beleza, prosperidade, sucesso, relacionamentos saudáveis.

Coloque perdão, principalmente, o perdão por você mesmo.
Imagine o relacionamento com aqueles que você ama, tranqüilo, com muita harmonia.
Quais são seus sonhos?
Sonhe alto...
Queira o melhor do melhor!
Queira coisas boas para sua vida.
Preencha seu corpo com muita saúde, pois assim será mais fácil conquistar tudo que merece.

Coloque ainda PAZ, sua capacidade de amar.
E coloque dentro de você e em tudo que fizer na sua vida, muito AMOR, pois o amor verdadeiro é o sentimento mais forte e importante que existe.

E é só por ele que sempre vale a pena RECOMEÇAR!!!
E recomece quantas vezes for necessário.
Para isso você só tem que acreditar que você consegue e que você merece!

Rosemeire Zago

Humildade

Virtude, força, caráter: Estes são os primeiros degraus para um rumo certo. Quem trata a vida com arrogância e manipula o orgulho sem medidas, arrasta a vaidade e o egoísmo para o fundo de um buraco negro, aonde a luz é impenetrável e a benção se torna impossível.

Aprender a ser humilde é viver sem fronteiras, sem preconceitos, mas sempre com respeito, com consideração ao valor do outro. Isto é, respeito ao ser humano com restrições na saúde física, saúde mental, saúde emocional, saúde espiritual. Respeito aos animais, que indefesos nada fizeram para prejudicar, apenas pedem para viver. Respeito às florestas e todas as flores que emanam perfumes que pedem para viver. Respeito aos oceanos que, senhores do planeta, tem seus recursos abundantes, pedem para manter a vida aquática. Respeito ao ar que mantém a vida, e deve ser preservado, pois todo o magnetismo que rege o planeta Terra reage àquele que com o dedo impõe sua conduta, com a língua manifesta sua grandeza, com a mão desfaz o que é certo, com os pés risca caminhos e provoca amargura, decepção e desrespeito.

Aprenda a ser humilde descendo de um degrau alto para receber qualquer ser vivo com respeito, amor e dignidade. Em contrapartida, seja humilde para receber de um Grande, a luz, a sabedoria, a ciência da vida, o valor que ninguém pode desacreditar. Sem humildade somos corpo sem vida, alma sem propósito, mente perturbada, razão sem resultado, somos e seremos luzes apagadas.

Abra seu coração, amplie sua mente, expanda sua consciência, libere sua energia com o primeiro passo no rumo certo na vida: humildade.

Texto: Miriam Zelikowski

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Pela metade

Uma coisa pela metade não chega a ser UMA coisa. É meia. Meio
automóvel não chega a ser um automóvel e, por mais que você queira ou por mais combustível que coloque no tanque, ele não vai levar você para a direção desejada.
Ficará parado e, portanto, falhará.
Meio avião não voará, por mais fé que você tenha, por mais dinheiro que sua conta bancária mostre ou por maior que seja o apoio popular que você possua.
Meio avião simplesmente não chega a ser um avião inteiro e, portanto, não sairá da pista. Seu vôo falhará.
Meia receita de bolo não fará um bolo inteiro, por melhor que seja a receita, o forno ou a cozinheira.
Se parece tão elementar que meio de algo não chega sequer a ser uma unidade, como você espera ter sucesso em qualquer coisa em sua vida, se dedicando pela metade? Quando observo minha própria biografia, vejo que a maior parte das minhas quedas aconteceram quando quebrei esta regra.
Aqueles de nós que acreditam que possam se comprometer pela metade, mantendo "um pé na canoa e outro no cais", ou que preferem ficar "em cima do muro", simplesmente não conseguirão atingir suas metas de vida. Meias medidas perdem todas as guerras, como disse Napoleão.
Isso não significa que medidas inteiras vençam todas as guerras, já que o oponente também pode estar se dedicando de corpo e alma. Mas, se qualquer dos dois estiver comprometido pela metade, vence o que se comprometeu por inteiro, que luta mais, que busca mais, que se atira de cabeça à batalha com o cérebro, o coração e a paixão. Vence a corrida, o carro que tiver todos os cilindros funcionando no máximo de sua força, com o melhor motorista e a maior vontade. Airton Senna não era o único piloto a ter um carro excelente, mas os carros excelentes pilotados por Airton Senna tinham ao volante o melhor piloto. O mais dedicado e apaixonado pelo que fazia. Essa era a diferença. O comprometimento. Comprometimento total traz vitórias arrasadoras.
O número estatisticamente absurdo de vezes nas quais a bandeira do Brasil era levantada nas provas de Fórmula 1, pelos braços de Senna, esmaga qualquer um que defenda as "meias medidas".
Há, ao seu lado, pessoas comprometidas pela metade. Olhe-as. São aquelas que fazem o mínimo necessário para não perderem o emprego, para não perderem a esposa (ou o marido), para não perderem o ano escolar. São os mestres do 50%, da nota "C", da estratégia mais vulgar que existe para se esconder: ficando somente na metade de tudo, se comprometendo com o casamento somente a ponto de "ir levando", ou que passam quatro anos na faculdade, de uma festa para outra. Você pode enganar o sistema social, mas você não pode enganar as leis naturais. Não existe lugar no universo onde metade de algo seja um inteiro.
Acostume-se a viver a vida por inteiro, não pela metade. Meias medidas vão enganar você. Meias medidas não são as mais seguras, e sim o caminho para a mediocridade. São o caminho para o fracasso no trabalho, nos relacionamentos, na vida pessoal e na vida das empresas de qualquer ramo de atividade.
Sua vida é um avião. Seu casamento é um avião. Sua carreira
profissional é um avião. Sua empresa é um avião. Você, realmente, acredita que vai conseguir levantar vôo com qualquer destes aviões pela metade?
Afaste-se, enquanto é tempo, de qualquer pessoa especializada em viver pela metade. Procure e fique ao lado dos que se comprometem por inteiro. Daqueles que são apaixonados pelo que começam e apaixonados pelo que terminam. Estar com estas pessoas vai ajudar você a tornar-se uma delas. Libere a paixão que existe em você.
Meias medidas perdem todas as guerras. Pare de taxiar na pista da vida. Escolha a melhor opção e entregue-se com fé a ela. Nada é mais poderoso do que a fé... usada na direção certa.

Vamos nessa?

Aldo Novak

Postagens Recentes