Além do horizonte, existem outros mundos a serem descobertos.
Lá, folhas não caem, elas flutuam.
Lá, o meio de transporte são pássaros que vem até você e com o suspiro de seu amor, neste mundo todos andam de mãos dadas lá é aonde a harmonia toma conta da natureza de todas as espécies viventes.
Lá, não colhemos flores, mas as flores colhem a gente.
Chegou o tempo de despertar e acreditar que esta vida vale apena ser vivida.
-Rhenan Carvalho-

sexta-feira, 4 de junho de 2010

A Prece Silenciosa

A oração Silenciosa é um reconhecimento de Tudo O Que É. Nesta oração eu sei que tudo que eu evoquei foi ouvido pelo espírito e que me foi dado tudo aquilo que pedi.
É um reconhecimento de que minha alma é completa no amor e na graça de Deus.
É um reconhecimento de meu total estado de perfeição e de Ser. Tudo aquilo que desejo, tudo o que quero co-criar, já esta dentro de minha realidade.
Eu a chamo de Prece Silenciosa porque sei que meu ser já está realizado.
Não há necessidade de pedir nada ao espírito, porque tudo já lhe foi dado.

Em meu coração, eu aceito meu Ser Perfeito.
Eu aceito que a alegria que eu quis já esta em minha vida.
Eu aceito que o amor que rezei por ter já está dentro de mim.
Eu aceito que a paz que pedi já faz parte de minha realidade.
Eu aceito que a abundância que procurei já preenche minha vida.

Em minha verdade, eu aceito meu Ser Perfeito.
Eu assumo responsabilidade por minhas próprias criações,
E todas as coisas que estão dentro de minha vida.
Eu reconheço o poder do espírito que está dentro de mim,
E sei que todas as coisas são como devem ser.

Em minha sabedoria, eu aceito meu Ser Perfeito.
Minhas lições foram cuidadosamente escolhidas por mim mesmo,
E agora eu caminho por elas em completa experiência.
Meu caminho me leva em uma jornada sagrada com propósito divino.
Minhas experiências se tornam parte de tudo que há.

Em meu conhecimento, eu aceito meu Ser Perfeito.
Neste momento, eu me sento em minha cadeira de ouro
E sei que sou um anjo de luz.
Eu olho sobre a bandeja dourada- o presente do
espírito-
E sei que todos os meus desejos já foram realizados.

Em amor por mim mesmo, eu aceito meu Ser Perfeito.
Não faço julgamentos nem ponho fardos sobre mim mesmo.
Eu aceito que tudo em meu passado foi dado em amor.
Eu aceito que tudo neste momento vem do amor.
Eu aceito que tudo no meu futuro resultará sempre em amor maior.

Em meu ser, eu aceito minha perfeição.

E assim é.

De Tobias como canalizado por Geoffrey Hoppe

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Amadurecimento

“Aprenda a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem gosta de você. A idade vai chegando e, com o passar do tempo, nossas prioridades na vida vão mudando. Mas uma coisa parece estar sempre presente. A busca pela felicidade com o amor da sua vida. Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com o amor de outra pessoa, você precisa: em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou pensa que ama), e que não quer nada com você, definitivamente não é a pessoa da sua vida. O segredo é não correr atrás das borboletas, e sim cuidar do jardim para que elas venham até você. No final das contas, você vai achar: não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você.”

As quatro leis da espiritualidade

Na Índia, são ensinadas as "quatro leis da espiritualidade":

A primeira diz: "A pessoa que vem é a pessoa certa".
Ninguém entra em nossas vidas por acaso. Todas as pessoas ao nosso redor, interagindo com a gente, têm algo para nos fazer aprender e avançar em cada situação.

A segunda lei diz: "Aconteceu a única coisa que poderia ter acontecido".
Nada, nada absolutamente nada do que acontece em nossas vidas poderia ter sido de outra forma. Mesmo o menor detalhe. Não há nenhum "se eu tivesse feito tal coisa..." ou "aconteceu que um outro ...". Não. O que aconteceu foi tudo o que poderia ter acontecido, e foi para aprendermos a lição e seguirmos em frente. Todas e cada uma das situações que acontecem em nossas vidas são perfeitas

A terceira diz: "Toda vez que você iniciar é o momento certo".
Tudo começa na hora certa, nem antes nem depois. Quando estamos prontos para iniciar algo novo em nossas vidas, é que as coisas acontecem.

E a quarta e última afirma: "Quando algo termina, ele termina".
Simplesmente assim. Se algo acabou em nossas vidas é para a nossa evolução. Por isso, é melhor sair, ir em frente e se enriquecer com a experiência. Não é por acaso que estamos lendo este texto agora. Se ele vem à nossa vida hoje, é porque estamos preparados para entender que nenhum floco de neve cai no lugar errado.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Mesmo Assim

Vivemos um momento na face da Terra que, por vezes, parece que todos os valores morais estão em baixa.

E você, que está buscando construir suas mais nobres virtudes, em muitos momentos se sente enfraquecido pelo próprio mundo à sua volta.

Quando age com honestidade, comentam que você é tolo, que está remando contra a maré, em vez de fazer o que todo mundo faz. Mas se você quer ser grande perante sua consciência, seja honesto mesmo assim.

Se procura balizar seus atos na justiça, ouve que essa atitude é a de um alienado, vivendo num mundo em que vence sempre o mais forte. No entanto, seja justo mesmo assim.

Está-se construindo um lar apoiado nas colunas sólidas da fidelidade, é comum ouvir gargalhadas insanas ou comentários maldosos a respeito do seu comportamento. Seja fiel mesmo assim.

Quando seu coração se compadece, diante dos infelizes de toda sorte, não falta à zombaria daqueles que pensam que cada um deve pensar em si próprio, ignorando os sofrimentos dos irmãos de caminhada. Tenha compaixão mesmo assim.

Se você dedica algumas horas do seu dia, voluntariamente, em favor de alguém, rico ou pobre, que precisa da sua atenção e do seu carinho, percebe as investidas da maldade daqueles que pensam que nos seus atos há uma segunda intenção. Seja fraterno e solidário mesmo assim.

Quando você age com sinceridade, com lealdade, é comum ser taxado de insensato, fugindo do comum em que muitos usam de subterfúgios mesquinhos para conseguir o que desejam. Seja sincero e leal mesmo assim.

Se, diante das circunstâncias do dia-a-dia, você revela sua fé em Deus e em Suas soberanas Leis, e é chamado de piegas ou crédulo, mantenha sua fé mesmo assim.

Se em face de tantos desatinos no campo da sensualidade e na falta de decoro que assola grande parte dos seres, você deseja manter-se íntegro e recatado e é chamado de louco mantenha-se íntegro e recatado mesmo assim.

Quando aqueles que se julgam acima do bem e do mal tentam apagar a chama da esperança que você acalenta no íntimo, afirmando que a esperança é a ilusão da mediocridade, mantenha a esperança mesmo assim.

E, por fim, mesmo que alguém tente roubar a sua coragem de continuar lutando e acreditando em dias melhores, mantenha sua coragem e continue acreditando mesmo assim.

Ao findar sua jornada terrestre, e só então, você poderá contemplar a ficha de avaliação do seu desempenho. Somente você será responsabilizado por seus atos. E tenha a certeza de que todos aqueles que tentaram desviá-lo do caminho reto não estarão lá para lhe dar apoio...

Voltaire

terça-feira, 1 de junho de 2010

A Respiração

Podemos descobrir o espaço interior criando lacunas no fluxo de pensamentos. Sem elas, o pensamento se torna repetitivo, desprovido de inspiração, sem nenhuma centelha criativa - e é assim que ele é para a maioria das pessoas. Não precisamos nos preocupar com a duração dessas lacunas. Alguns segundos bastam. Aos poucos, elas irão aumentar por si mesmas, sem nenhum esforço de nossa parte. Mais importante do que fazer com que sejam longas é cria-las com frequencia para que nossas atividades diárias e nosso fluxo de pensamento sejam entremeados por espaços.

Certa ocasião alguém me mostrou a programação anual de uma grande organização espiritual. Quando a examinei, fiquei impressionado pela rica seleção de seminários e palestras interessantes. A pessoa me perguntou se eu poderia recomendar uma ou duas atividades. "Não sei, não. Todas elas me parecem muito interessantes. Mas eu conheço esta: tome consciencia da sua respiração sempre que puder, toda vez que se lembrar. Faça isso durante um ano e terá uma experiencia transformadora bem mais forte do que a participação em qualquer uma dessas atividades. E é de graça."

Tomar consciencia da respiração faz com que a atenção se afaste do pensamento e produz espaço. É uma maneira de gerar consciencia. Embora a plenitude da consciencia já esteja presente como o não-manifestado, estamos aqui para levar a consciencia a essa dimensão.

Tome consciencia da sua respiração. Observe a sensação do ato de respirar. Sinta o movimento de entrada e saída do ar ocorrendo em seu corpo. Veja como o peito e o abdomen se expandem e se contraem ligeiramente quando você inspira e expira. Basta uma respiração consciente para produir espaço onde antes havia a sucessão initerrupta de pensamentos.

Uma respiração consciente (duas ou três seria ainda melhor) feita muitas vezes ao dia é uma maneira excelente de criar espaços em sua vida. Mesmo que você medite sobre sua respiração por duas horas ou mais, o que é uma prática adotada por algumas pessoas, uma respiração basta para deixa-lo consciente. O resto são lembranças ou expectativas, isto é, pensamentos.

Na verdade, respirar não é algo que façamos, mas algo que testemunhamos. A respiração acontece por si mesma. Ela é produida pela inteligencia inerente ao corpo. Portanto, basta observa-la. Essa atividade não envolve nem tensão nem esforço. Além disso, note a breve suspensão do folego - sobretudo no ponto de parada no fim da expiração - antes de começar a inspirar de novo. Muitas pessoas tem a respiração curta, o que não é natural. Quanto mais tomamos consciencia da respiração, mais sua profundidade se estabelece sozinha.

Como a respiração não tem forma própria, ela tem sido equiparada ao espírito - a Vida sem uma forma específica - desde tempos ancestrais. "O Senhor Deus formou, pois, o homem do barro da terra, e inspirou-lhe nas narinas um sopro de vida; e o homem se tornou um ser vivente." A palavra alemã para respiração - atmen - tem origem no termo sânscrito Atman, que significa o espírito divino que nos habita, ou o Deus interior.

O fato de a respiração não ter forma é uma das razões pelas quais a consciencia da respiração é uma maneira eficaz de criar espaços na nossa vida, de produir consciencia. Ela é um excelente objeto de meditação justamente porque não é um objeto, não tem contorno nem forma. O outro motivo é que a respiração é um dos mais sutis e aparentemente insignificantes fenomenos, a "menor coisa", que, segundo Nietzsche, constitui a "melhor felicidade". Cabe a você decidir se vai ou não praticar a consciencia da respiração como verdadeira meditação formal. No entanto, a meditação formal não substitui o empenho em criar a consciencia do espaço na sua vida cotidiana.

Ao tomarmos conciencia da respiração, nos vemos forçados a nos concentrar no momento presente - o segredo de toda a transformação interior, espiritual. Sempre que nos tornamos conscientes da respiração, estamos absolutamente no presente. Percebemos também que não conseguimos pensar e nos manter conscientes da respiração ao mesmo tempo.

A respiração consciente suspende a atividade mental. No entanto, longe de estarmos em transe ou semidespertos, permanecemos acordados e alerta. Não ficamos abaixo do nível do pensamento, e sim acima dele. E, se observarmos com mais atenção, veremos que essas duas coisas - nosso pleno estado de presença e a interrupção do ensinamento sem a perda da consciencia - são, na verdade a mesma coisa: o surgimento da consciencia do espaço.

do livro O Despertar de uma Nova Consciencia de Eckhart Tolle - Ed. Sextante

Acredite

Acredite nas pessoas... Naquelas que possuem algo mais... Aquelas que, às vezes, a gente confunde com anjos e outras divindades... Digo daquelas pessoas que existem em nossas vidas e enchem nosso espaço com pequenas alegrias e grandes atitudes... Falo daquelas que te olham nos olhos quando precisam ser verdadeiras, tecendo elogios, que pedem desculpas com a simplicidade de uma criança...

Pessoas firmes... Verdadeiras, transparentes, amigas, ingênuas... Que com um sorriso, um beijos, um abraço, uma palavra de faz feliz... Aquelas que erram... Acertam... Não tem vergonha de dizer não sei... aquelas que sonham... Aquelas amigas... Aquelas que passam pela vida deixando sua marca, saudades, aquelas que fazem à diferença... Aquelas que vivem intensamente um grande amor...

Luiz Veríssimo

O caminho para frente

Há uma linha muito tênue entre ser absorvido e ficar obcecado com a violência vivenciada nos últimos anos ou simplesmente ter consciência, não julgar e não ficar obcecado com esses eventos. A resposta não está em lutar contra ou temer as forças de oposição, pois estas ações contra os supostos inimigos do estado são apenas formas de utilizar as mesmas energias corruptas da sombra que estão no controle atualmente. Um sistema que cria tantos criminosos é um sinal de um sistema social doente, que faz todos os cidadãos temerem uns aos outros.

O caminho para frente é através da elevação do espírito, através de permitir que a luz espiritual entre em nossas vidas, é tornando-se consciente e buscando a verdade dos fatos e expondo as injustiças presentes em todos os níveis da nossa sociedade. Somente esse esforço pode trazer luz ao nosso mundo e ao nosso estilo de vida e assim trazer a mudança. Lutar apenas perpetua as forças das sombras social e politicamente.

A sugestão para harmonizar as energias atuais é enviar sua luz e seu amor incondicional para aqueles indivíduos que fazem parte do todo, especialmente aqueles que estão na escuridão e não entendem que trabalham contra a luz. Envolva-os na luz branca, sejam eles indivíduos no nível nacional, como o presidente e sua equipe, ou outros indivíduos que estão em evidência na nossa sociedade. Mande sua luz em meditação com a mensagem de seguir adiante e encontrar uma saída que os remova da escuridão.

É importante que procuremos saber a verdade do por que tantos milhões de pessoas e seus filhos não têm oportunidades iguais. É importante nos tornarmos conscientes da escuridão e curá-la com compaixão, amor e atitudes renovadas. Quando de maneira independente nós trabalhamos em uníssono, conectados ao coração, nós podemos de fato ajudar a criar um mundo onde todos são respeitados, amados e livres para criar seus sonhos.

Cada um de nós deve fazer o que for necessário para ajustar nossa consciência interior, para sermos capazes de nos mover e nos transformar com a grande luz que estimula todos a reconhecer o que é certo e o que é bom.

Robert Happé

O Desejo é a chave

Quando me perguntam quais são meus maiores objetivos e sonhos eu concluo que meus maiores sonhos incluem os outros. O maior dos meus sonhos é que todas as pessoas em todas as culturas vivam em harmonia umas com as outras, de forma que, não importa onde você vá, estará entre pessoas amigáveis e cooperativas, que também estão conscientes de que toda vida é sagrada, incluindo a vida dos animais, das plantas e dos pássaros. Para fazer desse sonho uma realidade, precisamos nos entender e co-criarmos juntos e tornar esse sonho real num mundo que está cheio de competição, ganância e negatividade de todos os tipos. Um desafio para cada indivíduo no nosso planeta.

A razão pela qual nosso mundo tornou-se tão escuro está muito relacionada à nossa educação e programação moral. É da maior importância atualizarmos as regras morais de todas as culturas com a ciência das Leis Naturais do nosso Universo, que estão embutidas na base de dados da nossa alma. Tudo o que você precisa fazer é sentir e, instantaneamente, seu intelecto é aconselhado sobre como trabalhar em harmonia com os outros. Essas Leis Universais de amor por toda vida, livre-arbítrio e compaixão por aqueles que cometem erros são rejeitadas em nossas sociedades e substituídas por um dogma que está em oposição direta ao amor, criando regras que causam separação, julgamento dos outros e insegurança como conseqüência. Todas as ações têm uma conseqüência que retorna para o criador da ação. Essa é basicamente outra lei Universal, conhecida como a Lei do Karma, ou da causa e efeito.

Apenas conhecer e também viver essas leis nas nossas experiências diárias nos levaria à prosperidade. Quando nosso modo de vida não está em harmonia com as leis do nosso Universo, nós nos forçamos a sofrer as conseqüências das nossas escolhas. Isso pode continuar por muitas encarnações em mundos da 3ª dimensão, que é onde aprendemos as lições de integração e amor. O objetivo da vida física é o crescimento através das experiências que escolhemos como lições kármicas. Estes são contratos de alma feitos antes da encarnação, conhecidos no nível da alma, mas não no nível intelectual. Por milênios, a espécie humana teve que sobreviver sob o controle da força negativa de uma minoria que se alimenta das energias das massas que acreditam nela. Mantendo, dessa forma, as massas desinformadas sobre o amor inerente a cada indivíduo, e programando-as a aceitar a autoridade e o dogma como seus mestres.

Isso cria como resultado um medo que leva as pessoas a venerar aqueles que têm poderes físicos ou econômicos, o que está em violação direta à Lei Universal que nos recorda que todas as pessoas são iguais. É muito humano confundir o Espírito com os dogmas religiosos, tão prevalecentes em todas as culturas do planeta. Não é que a religião seja nociva, mas sim o método de doutrinação e manipulação daqueles que são espiritualmente ignorantes e fracos. É uma violação das Leis Universais presumir que se pode libertar o outro de seus erros. Só a própria alma pode fazer isso quando a personalidade pode perdoar a si mesma e melhorar suas ações. Cada um de nós evolui ou não. O desejo é a chave. Muitas pessoas desejam mudar, mas não querem fazer o trabalho necessário e permanecem nas mesmas condições por várias vidas, colhendo os resultados de sua inatividade repetidas vezes. É preciso que cada um de nós se lembre de que a jornada através de todas as nossas experiências neste mundo de dualidade é superar o conflito e a dor, mover-se além das polaridades para um mundo onde todos são reconhecidos como sagrados e preciosos.

Quando somos capazes de alcançar isto na vida em que vivemos, nós, de fato, criamos com outros de mente e intenção semelhantes um mundo que é amoroso e amistoso em sua vibração, no qual medo e desentendimento são transformados pelas escolhas do livre-arbítrio de cada um de servir aos outros com seu conhecimento, que é sua luz. No entanto, isso é muito difícil quando você é desprovido espiritualmente por viver sob um dogma que causa amnésia temporária da sua verdadeira realidade como um ser de luz e amor. Para que qualquer um alcance esse nível superior de ser e de viver, toda a negatividade precisa ser abandonada. Esse ensinamento e aprendizado simples foi distorcido e poluído com falsas informações por aqueles que buscam o poder sobre os outros. É preciso lembrar que o amor está em polaridade com a ausência de amor, que é o medo. E medo é escuridão. A ausência do amor precisa da luz para se tornar um com o entendimento, que é o amor.

Quando aprendemos a amar tudo o que é sombra em nossas experiências diárias, a escuridão não pode mais existir. Não existem duas pessoas iguais, nós só precisamos trabalhar juntos em serviço para toda a humanidade. Somos todos estudantes e professores. Cada um de nós tem algo bom para oferecer e algo ruim para transmutar. Precisamos ajudar uns aos outros nesta tarefa. Para aprender a caminhar o caminho do amor, primeiro precisamos pesquisar o que não é amor. A nova forma-pensamento é que Deus vive em cada pessoa e forma de vida e que o corpo é o templo. Como a luz da verdade aumenta a cada dia, a sombra fica exposta, o que pode de fato causar um período de choques e abalos. Através da autodescoberta podemos eliminar as camadas de medo e desentendimento que vêm com a doutrinação de informações errôneas e com as opiniões e crenças subseqüentes.

A quantidade de desinformação apresentada como verdade é alarmante. Algumas vezes de forma inocente, outras intencionalmente. É uma forma de controle da mente, quando o funcionamento mental e físico de uma pessoa são manipulados. Seu propósito é influenciar as pessoas pela supressão da verdade. Tudo isso causa estresse e insegurança, que é exatamente o objetivo das forças controladoras que buscam o poder sobre os outros. O controle é um poluente que envolve nosso planeta inteiro estimulando a guerra, a tortura, a pobreza, a doença e valores distorcidos de líderes mundiais. O desespero leva ao medo e o medo é uma forma virulenta e contagiosa de negatividade. Bilhões de pessoas sofrem dessa poluição, sem perceber que seus medos ajudam seu pior inimigo. Quando mais e mais pessoas se alinham com seus corações, o controle da mente não pode florescer ou existir. A atitude destemida é amar as pessoas que entram em sua vida simplesmente ao sentir sua parceria com o Deus ou a Deusa interior.

Amor e equilíbrio são as ferramentas daqueles que se tornaram conscientes de si mesmos como crianças da luz. É aconselhável obter conhecimento, pois conhecimento é luz, assim como poder é luz. É melhor saber a verdade e assim estar preparado para a grande mudança, do que viver na ignorância e permanecer despreparado. A grande mudança se refere ao fim do controle da escuridão que está acontecendo agora. O conhecimento espiritual nos conforta com a verdade Universal inerente à conexão com nossa alma e coração. Uma vez que você esteja conscientemente desperto para isso, você terá encontrado seu poder.

Robert Happé

Como ter paz nas relações

Muitas pessoas que vivenciam separação psicológica costumam também se eximir da responsabilidade dos problemas que têm; culpam os outros, são hostis e defensivas, não se dando conta de que elas próprias criaram os problemas. Usualmente, em decorrência de suas hábeis táticas de controle, elas conseguem experienciar certos benefícios, o que as faz acreditar que tudo pode continuar seguindo assim. Porém, isso reforça as atitudes manipulativas, e um circulo vicioso difícil de ser quebrado se estabelece.

Controlar os outros, como um modo de vida, é um padrão desenvolvido pelo individuo para sobreviver na realidade de seu mundo. Aquele que se sente psicologicamente separado dos demais, em função de algum medo, influencia negativamente o ambiente e os outros. Essa negatividade se traduz, muitas vezes, numa comunicação deficiente, em que a troca não é clara e as relações ficam, consequentemente, fora do equilíbrio.

Aqueles que criam uma polarização nos relacionamentos, fazem-no com o intuito de controlar e não estão abertos à reconciliação; pelo contrário, atuam de forma a deixar os outros sem defesas. Não se dão conta de que, ao atuar dessa maneira, estão ao mesmo tempo se isolando do prazer de trabalhar em proximidade com os outros, e estão se privando de relações de confiança e harmonia.

As pessoas que controlam os outros deixam de viver relações de intimidade e amor. Quanto maior o medo, mais o individuo sente a necessidade de controlar os outros e mais ainda se separa de relacionamentos calorosos e de amizade. Muitos padecem desse sofrimento, sem nem mesmo perceberem o quanto afastam as pessoas.

A maioria dos que controlam faz isso por autoproteção, por medo de ficar vulnerável e ser machucada pelos outros, caso venha se abrir. Todas as pessoas possuem sua cota de dominação e controle e todos precisamos aprender que não é necessário controlar nenhuma área da vida. Soltar os controles passo a passo significa tornar-se livre, pois nos libertamos, simultaneamente, da pesada responsabilidade de interferir na vida dos outros.

Quando o controle é removido do relacionamento, a harmonia é o que se segue; a comunicação e o compartilhar mútuos tornam-se então possíveis. Isso é a unificação.
E unificação é paz.

Robert Happé

A arte em toda experiência

Estamos vivendo em um tempo dinâmico no qual a mudança está afetando todos os níveis de vida. Todos nós estamos sendo estimulados a nos preparar para nos unir. Em cada setor da vida nós precisamos implementar mudanças significativas e duradouras.

O que está acontecendo é o nascimento de um novo mundo e um novo tempo que estão vindo para implementar os processos de reforma. Isto significa libertar-se da negatividade que nos tem mantido presos a laços de terceira dimensão.

Na maioria das pessoas, o desejo pela evolução pessoal é muito pequeno devido à falta de informação útil ou de compreensão de si mesmos. Nenhuma pessoa é semelhante à outra devido às diferentes experiências que vivenciou, mas, ao mesmo tempo, todos viemos da mesma fonte. Tudo o que precisamos aprender é a cooperar, trabalhar juntos e crescer a partir do compartilhar do conhecimento.

Todas as pessoas do nosso planeta, sem exceção, estão aprendendo a encontrar o equilíbrio. O dogma das estruturas de crença presente em todo o mundo tem impedido o desenvolvimento natural do processo de humanização, tendo como resultado o fato de que a maioria perdeu o verdadeiro significado da sua presença neste belo planeta.

Todos nós, em nível de alma, escolhemos estar aqui, neste período incrível, para participar desta era única de renovação espiritual e transformação global. Muitos, contudo, têm tido dificuldade de abraçar a Verdade Universal e preferem se manter apegados a suas crenças dogmáticas. Eles se recusam a aceitar que o que lhes foi dito está errado! Eles se confortam em saber que terão oportunidades em outros mundos tridimensionais, os quais lhes permitirão lembrar da sua divindade e igualdade com todos. Não há punição para ninguém, apenas oportunidades para evoluir.

Não é fácil entender por que tantas pessoas são tão diferentes. Tudo é uma questão de ter conhecimento das necessidades de auto-realização e dos vários desafios que se encontram diante de nós e que requerem maestria. Os passos a serem dados, no intuito de compreender o nosso próprio processo de desenvolvimento, foram extirpados da humanidade e substituídos por dogmas, causando insegurança e a separação do amor, permitindo que o medo se tornasse a principal força motriz.

Quando alguém está assustado, afastado do coração e do amor, não há forma dele compreender algo com o qual, conscientemente, não consegue se relacionar. Contudo, a compreensão virá quando não mais houver separação entre a mente e a alma, entre o masculino e o feminino. A alma contém em seu banco de dados o conhecimento da Unidade de todos, incluindo a ciência das leis universais. Quando esta conexão interna entre mente e alma é feita, a compreensão se faz rapidamente.
Não estamos sendo forçados a escolher entre um caminho superior que conduz para o alto na direção de ações cooperativas, ou o caminho inferior que conduz para baixo para ações de competição.

Entrementes, a infusão de luz está fortalecendo nossas consciências e elevando a nossa sensibilidade. E muitos estão se tornando conscientes das novas escolhas a serem feitas. Em algum momento, num futuro breve, será finalmente compreendido que, não importa o trabalho que se faça, todos serão lembrados pela forma como tratam os outros.

O que também precisa ser lembrado é que tudo que tem sido considerado ruim no nosso mundo, foi necessário para que todos alcançassem o equilíbrio. Nós temos jogado o jogo do mocinho e do bandido, talvez por inúmeras vidas; tudo no intuito de atingir o verdadeiro equilíbrio.
É por isso que o conselho para todos nós é não julgar ninguém. Nesta era particularmente extraordinária em que terminam as lições kármicas das três dimensões, os extremos do bem e do mal não são mais necessários, já que a intensificação da luz está reconciliando os opostos. Só existe equilíbrio na luz.

Quando a mente consciente e a alma se unem e se tornam parceiros criativos, a consciência se torna desperta e todo o panorama, que só é conhecido atualmente a nível de alma, se desdobra. Cada transformação que ocorre dentro do indivíduo flui para fora de uma maneira limpa, penetrando as famílias e as comunidades nas quais eles vivem. Muitas pessoas sentem que elas devem fazer alguma coisa significativa. No entanto, devido à pobre conexão com sua alma e com sua missão-de-alma, elas se ressentem da falta de foco e se sentem impotentes no sentido de fazer a diferença.

Quando nos sentirmos mais confortáveis acerca de quem nós verdadeiramente somos, compreenderemos que todos nós somos filhos da luz, capazes de fazer brilhar a luz da bondade que cura toda a ignorância. Bondade (Goodness) não é diferente de divindade (Godliness).
Ajudar no processo do despertar dos outros traz equilíbrio para você e para eles. E a luz gerada por estas ações flui para fora e beneficia a todos. Nosso equilíbrio é uma contribuição sem preço para difundir o amor e o cuidado mundo afora. É este movimento de estados de consciência competitiva para estados de consciência cooperativa que gera equilíbrio em todos os níveis. A Educação deve ser alinhada a este propósito. A competição consigo mesmo para fazer o melhor deveria ser encorajada.

O medo e a confusão que a maioria das pessoas vivencia, vêm do não saber o que está acontecendo. Paz e equilíbrio chegam a partir do saber o que está acontecendo. Quando a educação se torna encorajadora e apoiadora no sentido de conduzir os alunos a buscar o despertar e a compreensão espiritual do processo de desenvolvimento, nós teremos paz no nosso amado planeta em uma década.
A arte em toda a experiência é amar.

Robert Happé

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Despertar Espiritual

"Você, nesse momento, está passando por um processo de despertar. O processo de despertar pode ser muito desafiador, pode ser enganador, e pode ser lindo, tudo ao mesmo tempo.

Você sabe que está passando por um processo de despertar espiritual quando você começa a questionar coisas que jamais havia questionado antes, coisas como autoridade e estrutura; quando você começa a questionar por que está aqui na Terra, qual o significado da vida, o que é que deveria estar fazendo agora.

Você sabe que está passando por um processo de despertar quando, nos momentos de quietude, você envia uma mensagem totalmente do seu coração, da parte mais verdadeira de seu ser – “Querido Espírito, estou pronto.” Você diz do fundo verdadeiro de seu ser, “Querido Espírito, querido Ser Eterno, quero fazer algo por mim”.

Você sabe que está passando por um processo de despertar quando todas as velhas crenças não parecem mais ser verdadeiras, e as coisas que você mantinha com tanto afeto, agora parecem memórias do passado, coisas do passado. Você sabe que está passando por um processo de despertar quando as coisas que costumavam ser sonhos, objetivos e desejos do eu humano não têm mais importância, mas você não sabe o que importa.

Se você está ouvindo ou lendo isso, ou foi tocado de alguma maneira, estamos aqui para lhe dizer que você não está sozinho. Há seres do Universo do nosso lado que estão aí, com você, nesse momento – não em um futuro, não em algum lugar do passado que você não lembra bem – mas agora mesmo, nesse momento. E com um simples respirar, com sua simples respiração, é aberta a porta para que nós cheguemos perto de você para lhe amar, e lhe lembrar de suas origens, deixando-o saber que temos um imenso amor e compaixão por você. Você não está só.

Com uma simples respiração nesse momento, você permite o amor e a compaixão de dezenas de milhares e milhares de humanos nesse momento na Terra, que passaram ou estão passando por um processo similar ao seu – o despertar do Espírito. Eles sabem como é perder todas as coisas que eram queridas. Eles sabem o que é ter seus sistemas de crenças desafiados em todos os níveis. Eles sabem como é quando as coisas do mundo material, que eram importantes, de repente começam a se dissolver. Eles sabem como é perder um relacionamento, ou, pelo menos, a ilusão de estar perdendo, de maneira que eles, e agora você, podem começar a se relacionar consigo mesmo. Com uma simples respiração você pode se abrir e se permitir não estar mais sozinho.

Sabemos que tem sido difícil e desafiador, e nós sabemos bem que, o que vem passando é muito cheio de emoção e, às vezes, muito dramático. Sabemos que você vem tentando descobrir o que é, usando sua mente. Você vem usando sistemas, estruturas e métodos, e até agora não encontrou as respostas. Você tentou analisar, mas é algo que não pode ser analisado. Pode ser apenas sentido e experimentado. Você passou, muitos de vocês passaram por aconselhamento – seja profissional ou com amigos – e você sabe, em seu coração, que os métodos e as palavras que eles lhe transmitem não estão verdadeiramente preenchendo esse profundo anseio interno de conhecer-se, e de conhecer o Espírito em você.

Sabemos que, às vezes, você quer apenas desaparecer. Apenas evaporar. Não se trata de morrer, apenas sair da existência. Os desafios, a transformação, as mudanças podem ser demasiadas para o humano, para a mente, para o aspecto de você que tem uma espécie de venda nos olhos, que não vê quem realmente é. Pode ser demasiado e tão duro, que você escolhe sair da existência.

Mas os anjos que estão agora aí com você, e os anjos humanos de pé junto a você entendem sua jornada. Eles têm algumas mensagens para você hoje. Primeiro, e antes de mais nada, é que você não está sozinho. Segundo, que o processo que você está passando é na verdade muito natural. Pode parecer confuso e você pode se sentir perdido, mas o que está fazendo é muito natural. Você está permitindo que a fachada humana, e a ilusão de quem pensava ser se desvaneçam. E enquanto se desvanecem, o que você começa a conhecer, no nível mais profundo e amoroso, é seu ser divino. Ver a si mesmo como Espírito; você conhece a si como divino, não mais limitado a uma velha identidade humana, mas entendendo agora que é eterno, que você é grandioso e pode escolher a sua própria realidade, até mesmo como viver na Terra agora.

Aqueles seres de luz reunidos agora à sua volta partilham com você o fato de que todas as respostas estão internamente. Elas não são encontradas com alguns gurus. Elas não se encontram com algum ser angélico, mas dentro de você. Viver nesse estado de dualidade como você vem fazendo, vivendo com o conceito de luz e escuridão, bom e mau, masculino e feminino, fez você cair num sistema de crença, que diz que as respostas estão por aí, em algum lugar... De fato elas estão dentro de você. Elas vêm do espaço interior mais verdadeiro e mais precioso, e elas podem ser descobertas no momento de quietude, no momento da respiração, no momento de aceitação de si mesmo.

Partilhamos com você que não há uma meta, não há um propósito, não há algum Deus no céu distante que esteja fazendo você passar por algum labirinto, ou por um curso de obstáculos. Mas a realidade é que, tudo em sua vida é de sua criação, é sua descoberta da beleza, sua descoberta das profundezas da realidade. Tudo que você está experimentando agora, em sua vida, é por sua escolha. Não há forças externas ou seres que estejam fazendo você passar por isso. Não há ninguém ditando o destino de sua vida. Você vai descobrir que tudo é por escolha sua.

Talvez uma parte de si mesmo, muito profunda, tenha desejado ter a experiência de passar pela vida como a conheceu até agora. Mas entenda que você é quem a está criando. E quando você entende isso e toma posse de si mesmo, você começa a entender a beleza de sua jornada. Você passa a entender que não está perdido de maneira nenhuma. Você apenas esteve profundamente imerso numa experiência tão cheia de riqueza, mesmo que dolorosa algumas vezes, mas que trouxe um novo significado e uma nova profundidade a sua alma.

Então, nesse dia, nesse momento, no despertar de seu eu verdadeiro, é hora de dizer adeus ao seu velho eu humano. Você vem tentando ficar agarrado nele, fazendo reparos e revivendo-o, e agora é o momento de dizer adeus a essa identidade humana, às crenças limitadas, ao velho caminho do carma, à velha progressão de vidas que o mantiveram nessa brincadeira de roda. É hora de dizer adeus a tudo isso.

Parte de você pode sentir tristeza. É uma morte da consciência, não uma morte do corpo físico, mas uma morte da consciência. Mas, ao dar adeus ao velho “eu”, você também libera energias que estavam travadas ou feridas, energias que não lhe servem mais e não lhe serviram por muitas, muitas vidas.

Ao dizer adeus ao seu velho eu humano, você descobre uma nova liberdade. É como tirar um terno ou uma armadura de que não se precisa mais. Ao liberar o velho aspecto do eu, você cria agora espaço dentro de você para a entrada do eu maior, o eu divino, seu eu angélico que vem pacientemente esperando com suas asas fechadas, esperando você terminar de jogar esse maravilhoso jogo ou experiência, esperando você fazer a escolha e convidar a entrar agora, nessa realidade, seu eu verdadeiro, o eu divino.

Quando você diz adeus ao seu eu humano, surgem questões de medo, de morte e de perder o controle. Mas, queridos amigos, todas elas são ilusões. Quando você libera quem achava que fosse, você dá espaço para ser tudo que realmente é. Nesse momento, há um sentimento em você de que, se liberar, vai cair num tipo de abismo escuro e eterno, e jamais voltará, jamais será achado, talvez até mesmo fique vagando perdido através das dimensões e universos. Mas esse grupo de anjos, nesse momento com você, e o grupo de humanos com você, todos eles passaram pela experiência, e todos entendem que, quando você libera quem pensava ser, quando você confia em si mesmo no mais íntimo, no nível mais bonito, você descobre quem você realmente é.

Essa escolha é sua, é claro. Depende de você. Mas você chamou, rezou, pediu respostas e...

No despertar de seu verdadeiro eu, você também dá adeus a Terra como a conheceu até então. Muitos chamam a Terra de “Gaia”, a terra, a água, o céu. Gaia é um espírito que cuidou da Terra, que vem alimentando a Terra, todos os seus elementos, todos os seus animais e todas as suas florestas, desde o início dos tempos desse planeta. É sua responsabilidade ser parte dela, da Terra.

No despertar por que passa agora, é também tempo de dar adeus à consciência humana como a conheceu. Você jamais será o mesmo novamente. Recentemente a Terra entrou numa nova esfera. Nós a chamamos a nova consciência, ou a Nova Energia. Nessa nova consciência todas as coisas mudam. A Terra, a consciência humana e os humanos estão evoluindo nesse momento. A mudança que você vê fora de você, pode parecer caótica. Pode parecer que as coisas estão se desenrolando, tudo caindo em pedaços. Pode parecer que há carência de bens essenciais. Pode parecer que as coisas estão constantemente no limite.

É hora de liberar isso também, porque a humanidade está passando por um incrível processo de transformação. Está passando por importantes mudanças e, o que parece ser falta de combustível e petróleo, representa mais novos desenvolvimentos em tecnologia, e novas fontes de energia. Ao invés do velho combustível fóssil, é a descoberta de um novo combustível. O que parece ser carência de alimentos é realmente sobre olhar como cuidar da biologia de uma nova maneira, como alimentá-la de uma nova maneira, como criar as plantações de uma maneira nova, natural e eficiente.

Mudanças nos governos, mudanças na política, tudo é parte do processo. É fácil ficar com medo e se preocupar sobre o que vai acontecer ao mundo nesse momento, mas esse grupo de anjos e esse grupo de humanos, eles sabem que é apenas evolução. Eles sabem que a mudança pode parecer caótica, mas a lei natural da evolução e da expansão está em andamento nesse instante, e você está participando dela.

Trata-se de dizer adeus ao mundo como você o conheceu, mesmo em termos de finanças, prosperidade e riqueza. Por, ah...Tantos e tantos anos na Terra a riqueza, o poder, o dinheiro foram centralizados em tão poucos lugares, e mantidos por tão poucas pessoas, ou consolidados em tão poucos países. Na nova consciência, esse desequilíbrio não funciona mais. Então a riqueza, mesmo o equilíbrio do que vocês chamariam poder, é redistribuída. Isso não significa que alguém ganha menos, significa apenas que, os que estão atrás, agora se nivelam.

O mundo não está se acabando, o mundo está evoluindo. O mundo está redistribuindo. O mundo está se tornando mais equilibrado e justo.

No processo de despertar, as coisas podem parecer obscuras. As coisas podem parecer ser do mal. As coisas podem parecer muito confusas, mas estamos aqui para lhe dizer que é apenas evolução. O mundo vai continuar. A Nova Energia vai entrar. O novo entendimento da ciência e da matemática, o desenvolvimento na tecnologia e na educação, tudo está chegando agora mesmo.

O processo de despertar pode ser solitário porque se trata da redescoberta de quem você é, sem ter os outros para lhe dizer isso, sem ter o sistema de crenças dos outros para dar forma e criar sua vida. Sabemos que você vem passando por uma parte de sua vida muito triste, muito obscura e solitária, sentindo-se muito perdido e confuso, como se ninguém o ouvisse. Mas esses seres angélicos e esses seres humanos querem que saiba que nós o ouvimos. Sabemos quem você é. Sabemos o que vem passando. E queremos que você saiba que jamais está sozinho.

Seu processo de despertar vai continuar a se revelar, e nesse processo, você vai ver toda a sua beleza. Você vai ver como você, enquanto um ser divino, na verdade planejou tudo para si mesmo. Você vai ver o medo ir embora. Vai ver as ilusões da dualidade partirem, e serem substituídas pelo conhecimento da unidade.

Você jamais está sozinho."


(Canalização de autoria desconhecida)

domingo, 30 de maio de 2010

Compaixão é o amor que atingiu a maioridade

A compaixão tem de ser compreendida, porque ela é o amor que atingiu a maioridade.

O amor comum é muito infantil, é um joguinho divertido para adolescentes. Quanto mais rápido você superar esse amor, melhor, pois o seu amor é uma força biológica cega. Ele não tem nada a ver com crescimento espiritual.

É por isso que os casos de amor se tornam uma coisa estranha, ficam extremamente amargos. Era tudo tão sedutor, tão excitante, tão desafiador, que por esse romance você poderia até morrer... agora você pode até morrer, mas não por ele — você pode morrer para se livrar dele!

O amor é uma força cega. Os únicos amantes bem-sucedidos são aqueles que nunca conseguiram ficar com a pessoa amada. Todas aquelas grandes histórias de amor... Laila e Majnu, Shiri e Farhad, Soni e Mahival, três histórias orientais de grande amor, comparáveis a Romeu e Julieta.

Mas nenhum desses grandes amantes conseguiu acabar juntos. A sociedade, os pais, tudo era um obstáculo. E eu acho que talvez isso tenha sido bom. Depois que os amantes se casam, não resta mais nenhuma história de amor.

Majnu teve sorte de nunca ter ficado com Laila. O que acontece quando duas forças cegas se encontram? Como as duas são cegas e inconscientes, o resultado não pode ser lá muito harmonioso. Ele só pode ser um campo de batalha de dominação, de humilhação, de todo tipo de conflito.

Mas, quando a paixão passa a ficar alerta e consciente, toda a energia do amor atinge um aprimoramento; torna-se compaixão.

O amor é sempre dirigido a uma pessoa, e o seu desejo mais profundo é possuir essa pessoa. O mesmo vale para a outra pessoa — e isso torna a vida um inferno para ambas.

A compaixão não é dirigida a ninguém. Não é um relacionamento, é simplesmente o seu próprio ser. Você fica feliz em ter compaixão pelas árvores, pelos pássaros, pelos animais, pelos seres humanos, por todo o mundo — incondicionalmente, sem pedir nada em troca.

Compaixão é libertação da biologia cega.

Osho

Decisão

Todo o amor do mundo pode ser dado a você, mas, se você decidir ser infeliz,
permanecerá infeliz. E você pode ser feliz, imensamente feliz, por absolutamente nenhuma razão - porque a felicidade e a infelicidade são decisões suas.

Leva muito tempo para perceber que a felicidade e a infelicidade dependem de você, porque é muito confortável para o ego achar que os outros estão fazendo você infeliz.
O ego insiste em criar condições impossíveis, e ele diz que primeiro essas condições precisam ser satisfeitas e somente então você poderá ser feliz.

Se você se observar corretamente, rirá de si mesmo. É ridículo, simplesmente
ridículo. O que você está fazendo é absurdo. Ninguém está nos forçando a fazer isso, mas insistimos em fazé-lo - e gritamos por socorro. E você pode simplesmente sair disso; trata-se do seu próprio jogo - ficar infeliz e depois pedir simpatia e amor.

Se você estiver feliz, o amor fluirá em sua direção...não há necessidade de pedí-lo. Essa é uma das leis básicas. Exatamente como a água flui para baixo e o fogo flui para cima, o amor flui em direção à felicidade.

Osho

Beleza

Nossa sociedade nos ensina alguns valores que aplicamos em nosso dia-a-dia de forma equivocada. Só é belo o que se vê e se percebe como tal. O padrão de beleza está sempre vinculado à maneira de se vestir, de aparentar, de ostentar e, invariavelmente, de se mostrar.
Pouco ou quase nada se argumenta sobre a beleza do 'sentir'. Aquela que vive em nosso interior. Aquela que 'toma conta' de nossas decisões corretas. O ponto cinza que todos temos, muitas vezes adormecido, e que precisa ser enaltecido e bem explorado.

Claro, o primeiro conceito, a beleza externa, é mais fácil de ser avaliado, afinal, é aparente e qualquer um de nós a percebe. Não precisamos de conteúdo, de bons valores éticos e morais para fazermos e produzirmos esta avaliação. Tampouco é necessário equilíbrio emocional e muito menos sabedoria.
Estou vendo, é bonito e assim é belo. Todos percebem. Não há questionamento.
No segundo conceito, para perceber a beleza na profundidade de um ser, é preciso que se preste mais atenção. Temos que efetivamente 'sentir'.
O que se toca, se vê e se escuta, tem um sentido material, mas o que se sente tem o sentido da alma. É com a essência do nosso ser que construímos nossa avenida de futuro, de nossa evolução.

Descobrir a beleza que agrega, a que cada um tem dentro de si, é o mesmo que buscar uma agulha em um palheiro. Precisa ter habilidade, paciência, perseverança e determinação bem aguçadas e super desenvolvidas. Esta é a beleza do sentido, a soma de tudo isso.
A razão desta diferença é a total ausência de valor para com esta beleza por parte da sociedade em que vivemos.
Poderíamos até criar outro paralelo, para melhor definirmos a beleza interior, entre uma pessoa ambiciosa e uma outra cobiçosa.
Cobiçar é sempre buscar se aproveitar ou tirar dos outros. O ambicioso, ao contrário, quer ficar cada dia melhor.

Ambos são facilmente confundidos quando nossos valores estão equivocados e buscamos crescer a qualquer preço e a qualquer custo.
Estes crescimentos cobiçosos, tal como a beleza efêmera, de nada servem porque carecem de base sólida. Nada que se construa com sofrimento de outros será desfrutado. Até, e principalmente uma idéia, precisa ser respeitada. Não posso me apossar da criatividade de outra pessoa porque esta atitude cria débito Cósmico, ou karma, não importa como queiramos definir.

O que não é nosso pertence ao outro.
Parece uma frase fraca, ridícula, mas na Lei de Causa e Efeito ela é forte e soberana.
Não é meu, portanto, não tenho o direito de usar. Não importa o fim e o propósito. Assim preciso valorizar muito mais a beleza que vem de dentro.
Uma idéia vem de dentro...
O que não conseguimos admirar... Não possui valor aos nossos sentimentos. A beleza sem conteúdo logo cansa. A pessoa tende a ser fútil e rapidamente tudo se torna uma gangorra... Quando um senta a gente levanta. Imagine então quando pessoas se casam só por ostentação e beleza efêmera... Casamento temporário...

Isso posto, precisamos aprender a sentir e valorizar a verdadeira beleza. Olhar o que é belo fica fácil. Sentir a beleza de um ser equilibrado faz toda a diferença em nosso caminho evolutivo. A beleza que brota do interior jamais cansa. Na realidade, ela cativa.
É bom evitar, também, confundir nossa ambição de sermos fortes, lúcidos e melhores, com a cobiça de crescermos a qualquer custo.
Beleza exterior e cobiça são parentes...
Beleza interior e ambição andam juntas.

Saul Brandalise Jr.
é autor do livro: O Despertar da Consciência da editora Theus, onde mostra através das narrativas de suas experiências como extrair lições de vida e entusiasmo de cada obstáculo que se encontra ao longo de uma vida.

Tempo

Toda a negatividade é causada pelo acúmulo de tempo psicológico e pela negação do presente. É quando existe um excesso de futuro, um excesso de passado e pouca presença.

Talvez seja difícil reconhecer que o tempo é a causa do nosso sofrimento ou dos nossos problemas. Acreditamos que eles são causados por situações específicas em nossas vidas, e, de um ponto de vista convencional, isso é uma verdade. Mas enquanto não lidarmos com a disfunção da mente – o apego ao passado e ao futuro e a negação do presente –, os problemas apenas mudam de figura. Em última análise, o único problema é a própria mente limitada pelo tempo.

Você pode não acreditar que algum dia venha a alcançar um ponto onde esteja completamente livre de problemas e você tem razão. Você nunca poderá alcançar esse ponto, porque você está nesse ponto agora.

Não há libertação dentro do tempo. Você não pode se libertar no futuro. A presença é chave para liberdade. Portanto, você só pode ser livre agora.


Eckhart Tole
Em “O Poder do Agora”

Proteção energética

Todos nós sabemos as energias negativas é uma das maiores preocupações do ser humano. Procurar fugir delas é besteira. Ela nos alcança em qualquer lugar do planeta. Mas, podemos nos defender, começando a tomar uma série de atitudes e providências. Abaixo segue seis dicas para começar a combatê-las.

1. NÃO TEMER NINGUÉM

Uma das armas mais eficazes na subjugação de um ser é impingir-lhe o medo. Sentimento capaz de uma profunda perturbação interior, vindo até a provocar verdadeiros rombos na aura, deixando o indivíduo vulnerável a todos os ataques. Temer alguém significa colocar-se em posição inferior, temer significa não acreditar em si mesmo e em seus potenciais; temer significa falta de fé.
O medo faz com que baixemos o nosso campo vibracional, tornando-nos assim vulneráveis às forças externas. Sentir medo de alguém é dar um atestado de que ele é mais forte e poderoso. Quanto mais você der força ao opressor, mais ele se fortalecerá.

2. NÃO SINTA CULPA

Assim como o medo, a culpa é um dos piores estados de espírito que existem. Ela altera nosso campo vibracional, deixando nossa aura (campo de força) vulnerável ao agressor. A culpa enfraquece nosso sistema imunológico e fecha os caminhos para a prosperidade. Um dos maiores recursos utilizados pelos invejosos é fazer com que nos sintamos culpados pelas nossas conquistas. Não faça o jogo deles e saiba que o seu sucesso é merecido. Sustente as suas vitórias sempre!

3. ADOTE UMA POSTURA ATIVA

Nem sempre adotar uma postura defensiva é o melhor negócio. Enfrente a situação. Lembre-se sempre do exemplo do cachorro: quem tem medo do animal e sai correndo, fatalmente será perseguido e mordido. Já quem mantém a calma e contorna a situação pode sair ileso. Em vez de pensar que alguém pode influenciá-lo negativamente, por que não se adiantar e influenciá-lo beneficamente? Ou será que o mal dele é mais forte que o seu bem? Por que será que nós sempre nos colocamos numa atitude passiva de vítimas? Antes que o outro o alcance com sua maldade, atinja-o antecipadamente com muita luz e pensamentos de paz, compaixão e amor.

4. FIQUE SEMPRE DO SEU LADO

A maior causa dos problemas de relacionamentos humanos é a “Auto-Obsessão”.
A influência negativa de uma pessoa sobre outra sempre existirá enquanto houver uma idéia de dominação, de desigualdade humana, enquanto um se achar mais e outro menos, enquanto nossas relações não forem pautadas pelo respeito mútuo. Mas grande parte dos problemas existe porque não nos relacionamos bem com nós mesmos.
“Auto-Obsessão” significa não se gostar, não se apoiar, se autoboicotar, se desvalorizar, não satisfazer suas necessidades pessoais e dar força ao outro, permitindo que ele influencie sua vida, achar que os outros merecem mais do que nós. Auto-obsediar-se é não ouvir a voz da nossa alma, é dar mais valor à opinião dos outros.
Os que enveredam por esse caminho acabam perdendo sua força pessoal e abrem as portas para toda sorte de pessoas dominadoras e energias de baixo nível. A força interior é nossa maior defesa.

5. SUBA PARA POSIÇÕES ELEVADAS

As flechas não alcançam o céu. Coloque-se sempre em posições elevadas com bons pensamentos, palavras, ações e sentimentos nobres e maduros.
Uma atmosfera de pensamentos e sentimentos de alto nível faz com que as energias do mal, que têm pequeno alcance, não o atinjam. Essa é a melhor forma de criar “incompatibilidade” com as forças do mal. Lembrem-se: energias incompatíveis não se misturam.

6. FECHE-SE ÀS INFLUÊNCIAS NEGATIVAS

As vias de acesso pelas quais as influências negativas podem entrar em nosso campo são as portas que levam à nossa alma, ou seja, a mente e o coração. Mantenha ambos sempre resguardados das energias dos maus pensamentos e sentimentos, e fuja das conversas negativas, maldosas e depressivas.
Evite lugares densos e de baixo nível. Quando não puder ajudar, afaste-se de pessoas que não lhe acrescentam nada e só o puxam para o lado negativo da vida. O mesmo vale para as leituras, programas de televisão, filmes, músicas e passatempos de baixo nível.

Helenice Costa Botogoske

Desejo que você...

Desejo que você não tenha medo da vida, tenha medo de não vivê-la.

Não há céu sem tempestades, nem caminhos sem acidentes. Só é digno do pódio quem usa as derrotas para alcançá-lo. Só é digno da sabedoria quem usa as lágrimas para irrigá-la. Os frágeis usam a força; os fortes, a inteligência.

Seja um sonhador, mas una seus sonhos com disciplina, pois sonhos sem disciplina produzem pessoas frustradas. Seja um debatedor de idéias. Lute pelo que você ama.

Augusto Cury

Postagens Recentes