Além do horizonte, existem outros mundos a serem descobertos.
Lá, folhas não caem, elas flutuam.
Lá, o meio de transporte são pássaros que vem até você e com o suspiro de seu amor, neste mundo todos andam de mãos dadas lá é aonde a harmonia toma conta da natureza de todas as espécies viventes.
Lá, não colhemos flores, mas as flores colhem a gente.
Chegou o tempo de despertar e acreditar que esta vida vale apena ser vivida.
-Rhenan Carvalho-

domingo, 13 de maio de 2012

A Verdade

A verdade alivia mais do que magoa. E estará sempre cima e qualquer falsidade como o óleo sobre a água. Uma conduta desregrada aguça o engenho e falseia o juízo. Agrada-nos a franqueza dos que nos apreciam. À franqueza dos outros chamamos insolência. A repetição não transforma uma mentira numa verdade. O costume de guiar-se sempre pela consciência, chama-se rectidão. Manifesta-se no amor à verdade e dá uma grande beleza e fortaleza ao carácter.

O homem de cada século é salvo por um grupo de homens que se opõem aos seus gostos. Sempre que alguém afirma que dois e dois são quatro e um ignorante lhe responde que dois e dois são seis, surge um terceiro que, em prol da moderação e do diálogo, acaba por concluir que dois e dois são cinco... A verdade, quando impedida de marchar, refugia-se no coração dos homens e vai ganhando em profundidade o que parece perder em superfície...

Um dia, essa verdade obscura, sobe das profundidades onde se exilara e surge tão forte claridade, que rasga as trevas do Mundo. A liberdade é a liberdade de se dizer que dois e dois são quatro. Uma vez isto assente, depois segue-se o resto. A primeira e pior de todas as fraudes é enganar-se a si mesmo. Depois disto, todo o pecado é fácil. Acreditar em algo e não o viver é desonesto. Apenas pelas palavras o ser humano alcança a compreensão mútua. Por isso, aquele que quebra sua palavra atraiçoa toda a sociedade humana. Aquele que duvida e não investiga torna-se não só infeliz mas também injusto. Nunca queres "esgotar a verdade". - Umas vezes, por correcção. Outras - a maioria - para não passares um mau bocado. Algumas, para o evitares aos outros.

E, sempre, por cobardia. Assim, com esse medo de aprofundar, nunca serás homem de critério. Para a mentira ser segura e atingir profundidade, deve trazer à mistura qualquer coisa de verdade... A tua única obrigação durante toda a tua existência é seres verdadeiro para contigo próprio. Cada vez que mentes para evitar um esforço, a manta sob a qual te escondes torna-se um pouco maior, até que acabes por te afogares debaixo dela. A experiência da nossa fraqueza e o reconhecimento de que agimos mal, é algo que humilha. Quando à fraqueza se une o orgulho, o engano pode chegar a extremos patológicos: não se conforma com uma modesta justificação, mas incomoda-se com a verdade, com os que lhe dizem a verdade, ou com os que a vivem.

A verdade nunca é injusta; pode magoar, mas não deixa ferida. Na origem das mentiras está a imagem idealizada que temos de nós próprios, a qual desejamos impor aos outros. A pior verdade custa apenas um grande desgosto. A melhor mentira custa muitos pequenos desgostos e, no fim, um desgosto grande. Nas montanhas da verdade nunca se faz uma escalada inútil. A verdade levanta tormentas contra si mesma; as quais transportam as suas sementes pelos quatro ventos. Com um pouco de agilidade mental e algumas leituras em segunda mão, qualquer homem encontra as provas daquilo em que deseja acreditar... Aquele que procura a verdade corre o risco de a encontrar. A única verdade é a realidade. Prefiro incomodar com a verdade do que agradar com adulações. Uma mentira, ainda que a digam milhares de bocas, não deixa de ser uma mentira.

É fácil falar com clareza quando não se vai dizer toda a verdade. A verdade libertar-vos-á. É infinitamente mais belo deixar-se enganar dez vezes do que perder uma vez a fé na humanidade. A transigência é sinal certo de se não possuir a verdade. - Quando um homem transige em questões de ideal, de honra, ou de Fé, esse homem é um homem... sem ideal, sem honra e sem Fé. Não somos nós que criamos a verdade, que a dominamos e a fazemos valer. É a verdade que nos possui. O homem está sempre disposto a negar aquilo que não compreende. Muitos homens cometem o erro de substituir o conhecimento pela afirmação de que é verdade aquilo que eles desejam. Se tiveres a coragem de olhar o mal cara a cara, de o veres como realmente é e de lhe dares o seu verdadeiro nome, ele não terá poder sobre ti e poderás destrui-lo. Nunca acendas um fogo que não possas apagar.

Uma garrafa de vinho meio vazia também está meio cheia; mas uma meia mentira nunca será uma meia verdade. Mentir é maldade absoluta. Não é possível mentir pouco ou muito; quem mente, mente. A mentira é a própria face do demónio; Satanás, além deste nome, chama-se também mentira. Não sinto o menor desejo de brincar num mundo em que todos fazem batota. Uma palavra de verdade vale mais que o mundo inteiro. A verdade alivia mais do que magoa. E estará sempre acima de qualquer falsidade como o óleo sobre a água. Uma conduta desregrada aguça o engenho e falseia o juízo. Agrada-nos a franqueza dos que nos apreciam. À franqueza dos outros chamamos insolência. A repetição não transforma uma mentira numa verdade.

Não devemos dar demasiada atenção ao que os críticos dizem. Nunca foi erguida uma estátua em honra de um crítico. Se não queres que ninguém saiba, não o faças. Pensar é fácil. Actuar é difícil. Actuar de acordo com o que se pensa é o mais difícil de tudo. Diz a verdade, mesmo que ela esteja contra ti. A verdade, como a inocência, costuma estar inerme: não toma o cuidado de se precaver com álibis. Essa é a sua miséria, essa é a sua grandeza. Toda a nossa vida é uma primavera, porque temos em nós a verdade que não envelhece, e essa verdade anima toda a nossa caminhada. A verdade não está do lado de quem mais grita. Existem três tipos de mentiras: mentiras, mentiras sujas, e estatísticas. As palavras verdadeiras não são agradáveis e as agradáveis não são verdadeiras. Para alcançar a liberdade interior é preciso vencer a ignorância e as diferentes manifestações de fraqueza.

Assim a consciência vai descobrindo a verdade e pondo em ordem os bens e os deveres. Daí a importância de ter verdadeiro amor à verdade. Quem ama a verdade, procura formar a consciência: conhecer os princípios morais, pedir conselho a pessoas rectas e com experiência; não considerar humilhante que nos corrijam. De facto, os outros observam-nos de fora e com mais objectividade do que nós mesmos. Também é preciso tirar experiência dos próprios actos, examinar-nos com frequência (diariamente) e corrigir os erros. É preciso ser humildes para reconhecer os erros e rectificar, mas isso dar-nos-á uma grande sabedoria, e capacidade de ajudar os outros também. Em cada decisão, entra em jogo a consciência que, ou impõe a verdade sobre a conduta ou é desprezada e calada. No primeiro caso, somos nós que actuamos com a nossa liberdade; no segundo é algo que está dentro de nós: os caprichos, a preguiça, o medo ao que dirão.

Só nos encontramos a nós mesmos depois de encararmos a verdade. Todo o pé aleijado procura uma bota torta. No interior de todas as coisas existe uma medida, uma verdade última, que é preciso respeitar. As pessoas confundem desejo com realidade. Tentar transformar o seu desejo em realidade é romântico, mas achar que a realidade tem que se submeter aos caprichos dos seus desejos é idiotice. Todos desejam ardentemente ter a verdade do seu lado e muito poucos optam por estar do lado da verdade. A verdade padece, mas não perece. Quem procura a verdade deve estar disposto a sacrificar tudo pela verdade. Aquele que disse uma mentira não dá conta do trabalho que terá, pois tem que inventar outras mil para sustentar a primeira.

Um mentiroso conta as suas histórias tantas vezes que acaba por acreditar nelas. A verdade é sempre o argumento mais forte. Não mentir é talvez a forma mais rara de heroísmo. A mentira é sempre grave por ser a perversão de um ser que é feito para dizer o que é. Não sei como pode ser bom um homem a quem falta sinceridade. Assim como uma gota de veneno compromete um balde inteiro, também a mentira, por menor que seja, estraga toda a nossa vida. Os poderosos podem matar uma, duas ou até três rosas, mas jamais poderão deter a primavera. Perdi a comodidade da ignorância. Os factos não deixam de existir só por serem ignorados. A pior coisa que uma pessoa pode fazer na vida é fugir de si mesmo; mais cedo ou mais tarde alcançar-se-á e... ainda por cima cansado. Crê nos que buscam a verdade. Duvida dos que a encontraram. Nada me inspira mais veneração e assombro que um ancião que sabe mudar de opinião.

fonte: internet (sem autoria mencionada)

Postagens Recentes