Além do horizonte, existem outros mundos a serem descobertos.
Lá, folhas não caem, elas flutuam.
Lá, o meio de transporte são pássaros que vem até você e com o suspiro de seu amor, neste mundo todos andam de mãos dadas lá é aonde a harmonia toma conta da natureza de todas as espécies viventes.
Lá, não colhemos flores, mas as flores colhem a gente.
Chegou o tempo de despertar e acreditar que esta vida vale apena ser vivida.
-Rhenan Carvalho-

domingo, 3 de outubro de 2010

Na Senda do Coração - com Amor, Fé e Gratidão

Há muitas coisas feias nos bastidores do mundo, que fazem com que muitas
pessoas se desviem do caminho. Muitas coisas que machucam o coração e que fazem
o estudante espiritual perder a fé e o brilho de seu coração.

É preciso ter a persistência nessa caminhada espiritual. Porque, muitas pedras
são lançadas para bloquear a senda e, até mesmo aquele que está do seu lado
hoje, poderá ser amanhã a pessoa que deixará mais uma pedra...

Siga o seu coração, siga a luz de dentro, sem jamais perder a esperança.
Não importa o materialismo exacerbado do mundo, mas o mundo que está dentro de
você e o que faz com ele, nesse caminho que acontece dentro do seu coração.

Não é pelo fato de você estar encarnado, nesse momento, que está separado da
Existência Maior. Porque, agora mesmo, o seu sentimento está conectado ao Todo.

A busca do sentimento é estar conectado com Ele.
Algumas situações aconteceram em seu caminho (como acontece com todos), e lhe
trouxeram tristeza, e isso machucou sua fé e abalou sua esperança e bondade.

No entanto, a Luz continua em seu coração.
Por isso, perdoe. Não carregue sombras em seus propósitos.

Persistência e vontade firme são fatores essenciais na senda espiritual.
Você é um espírito!

E acender a Luz no coração é amar. É sentir-se pleno e sintonizado na estação
do Bem. Portanto, não deixe que nada faça você sair dessa sintonia.

O amor é como um rio... E muitos querem mergulhar em suas águas.
Mas, bem poucos sabem nadar bem nos sentimentos e, por isso, acabam se afogando
nos redemoinhos das emoções turbulentas.

Não se engane: você terá que enfrentar muitas coisas que estão dentro de si
mesmo. E em cada trabalho espiritual, feito de coração, em espírito e verdade,
muitas vezes são libertadas cargas deletérias, ligações escuras do passado,
muitas vezes entranhadas nos chacras.

É isso: em cada trabalho de amor, você liberta o seu próprio coração.
Então, por favor, não faça por menos. Fique na Luz.

P.S.:
Fiz esses escritos sob a influência espiritual de um dos mentores extrafísicos
que me orienta há muitos anos. E me senti muito honrado de ter realizado tal
tarefa interplanos. Ah, só o Alto é que sabe o que se passa dentro do coração
de alguém, e os motivos que animam seus passos na senda...

Com Gratidão.
Paz e Luz.

Wagner Borges - mestre de nada e discípulo de coisa alguma.
São Paulo, 18 de maio de 2010.

Nenhum comentário:

Postagens Recentes