Além do horizonte, existem outros mundos a serem descobertos.
Lá, folhas não caem, elas flutuam.
Lá, o meio de transporte são pássaros que vem até você e com o suspiro de seu amor, neste mundo todos andam de mãos dadas lá é aonde a harmonia toma conta da natureza de todas as espécies viventes.
Lá, não colhemos flores, mas as flores colhem a gente.
Chegou o tempo de despertar e acreditar que esta vida vale apena ser vivida.
-Rhenan Carvalho-

domingo, 3 de outubro de 2010

Amor...

Depois de uma noite onde quase não dormi... em que parece que muitas coisas aconteciam... acordei com uma pergunta... Bom... nem sei se já totalmente acordada... me veio uma pergunta que todos já fizemos inúmeras vezes....
O que estamos fazendo aqui... qual nosso propósito nessa Terra? E ao mesmo tempo veio a resposta...
Aprendendo a Amar...

Depois da resposta veio uma quietude tão grande... uma calma que foi como uma clarão simplificador...

Essa mesma resposta já tinha vindo de outras vezes... racionalmente e muito explicada... às vezes sentida... mas... dessa vez, mais do uma resposta veio um profundo entendimento sem palavras... eu tive certeza que era isso... uma certeza sentida com a Alma...
Tudo muito simples... e que simplificou tudo...

Senti que chegava a um ponto que busquei por muito tempo... no que aparentemente não trazia nenhuma novidade... trazia toda novidade... pela intensidade com que foi recebido... em um segundo, parece que acessei algo além...

Algo que não significa mais explicações nem mais coisas a acrescentar... era só um aprofundar... como se naquele curtíssimo período de tempo, algo em mim... que estava completamente receptivo, fundiu-se com o que recebi.

Muitas vezes, as mesmas coisas nos chegam... nos chegam... e nos chegam... e quando mais pensamos que sabemos... é quando menos sabemos... porque, às vezes, pensamos que o saber significam mais coisas diferentes... ou acrescimos ao que já temos para tornar aquilo mais sofisticado... e mais complicado.
Como temos mania de complicar o simples...

O que tanto buscamos pode estar tão perto e o tempo todo com a gente... mas não basta saber... é preciso sentir... viver até nos ossos... e o que já foi sentido tantas vezes... faz sentido... vamos adentrando por seus caminhos, algumas vezes mais superficialmente... outras de forma mais profunda... e o velho se transforma no novo de forma encantada.

Li outro dia, uma coisa que adorei... da Clarissa Pinkola Estés: "Dizem que tudo o que buscamos, também nos busca e, se ficarmos quietos, o que buscamos nos encontrará. É algo que leva tempo esperando por nós. Enquanto não chega, nada faças. Descansa. Já verás o que acontece enquanto isto".

Bom... mas isso tudo me trouxe uma simplicidade tão grande... sintetizou tantas coisas em um ponto que todos sabemos ser o essencial, mas que muitas vezes nossas memórias não nos permitem nos abrir para Ele... O Amor..
Mas me deu uma esperança... Às vezes um minutinho assim... desse contato... faz toda a diferença no caminho que vamos percorrer... e o melhor de tudo é que tive a certeza que tem muito mais... tem sempre muito mais...

E como fala o Caetano na música:
"...e aquilo que nesse momento se revelará aos povos
surpreenderá a todos, não por ser exótico
mas pelo fato de poder estar sempre
estado oculto quando terá sido o óbvio...."

Rubia A. Dantés

Nenhum comentário:

Postagens Recentes