Além do horizonte, existem outros mundos a serem descobertos.
Lá, folhas não caem, elas flutuam.
Lá, o meio de transporte são pássaros que vem até você e com o suspiro de seu amor, neste mundo todos andam de mãos dadas lá é aonde a harmonia toma conta da natureza de todas as espécies viventes.
Lá, não colhemos flores, mas as flores colhem a gente.
Chegou o tempo de despertar e acreditar que esta vida vale apena ser vivida.
-Rhenan Carvalho-

sábado, 1 de outubro de 2011

Rejeição

Todas as pessoas têm karma de rejeição.
Dentro do ambito dos karmas,o de rejeição é o mais comum.
No vosso tempo actual,é um dos karmas principais da maior parte das pessoas.Ou,para dizer melhor,de todas as pessoas.
Todas as pessoas que nascem hoje vêm vivenciar este karma.Vivenciar e superá-lo,se possível.
Mas não é assim que acontece.Nem sempre o superam.Senão vejamos.
Pensa na quase totalidade das pessoas hoje em dia.
Fazem tudo para corresponder ás expectativas que existem em relação a elas.Se pensam que o que os outros esperam delas é força,essas pessoas far-se-ão de fortes em todas as ocasiões.
Elas não são fortes.Elas fazem-se de fortes,no fundo,para agradar aos outros.E porquê essa necessidade de agradar aos outros?
Para não serem rejeitas,naturalmente.
Karma de rejeição.Uma pessoa faz tudo para não ser rejeitada.
É por isso que tenta corresponder ás expectativas que têm em relação a ela. Agora imagina que uma pessoa decidisse vivenciar o facto de ser rejeitada.E ao aceitar vivenciar essa situaçao,parasse de agradar aos outros ou de tentar corresponder ás expectativas que tivessem em relação a si. Imagina que essa pessoa resolvesse assumir quem é,não corresponder e nenhuma expectativa,e apenas ser.
Ser na sua maior plenitude. O que aconteceria então?
Sozinha,abandonada por todos,iria finalmente olhar para si própria e compreender o medo,o imenso medo que mora no seu peito.
É esse medo que veio ser limpo.Essa é a missão.Limpar esse medo para finalmente se poder limpar esse karma de rejeição.
Aceitar ser rejeitado,sentir,sentir profundamente a dor de não gostarem de nós,de não nos aceitarem,sentir essa dor e limpá-la,limpá-la sempre que ela vem.
Depois devagarinho,depois de esse escuro ter passado,ver ressurgir imponente o SER ,um ser humano com imenso amor para dar a todos.
Não aquele amor de quem só tenta corresponder ás expectativas para ser aceite,mas um amor livre,profundo e incondicional de quem se encontrou com a sua alma para todo o sempre.

do livro Luz - mensagens de Jesus de Alexandra Solnado .

Nenhum comentário:

Postagens Recentes