Além do horizonte, existem outros mundos a serem descobertos.
Lá, folhas não caem, elas flutuam.
Lá, o meio de transporte são pássaros que vem até você e com o suspiro de seu amor, neste mundo todos andam de mãos dadas lá é aonde a harmonia toma conta da natureza de todas as espécies viventes.
Lá, não colhemos flores, mas as flores colhem a gente.
Chegou o tempo de despertar e acreditar que esta vida vale apena ser vivida.
-Rhenan Carvalho-

sábado, 1 de outubro de 2011

Exercício de Auto-Amor

Muito se fala hoje em dia,ou se tem falado,sobre o amor"Para amar alguém é preciso primeiro amar-se"-uma frase moderna que ecoa por todos os ambientes actualmente.O que que dizer exactamente esta frase?...Será que esta frase convocar-nos-á ao egoísmo do tipo"primeiro eu depois o outro?"...o que é primeiro amar-se para depois amar o outro?

...Pois bem,esta grandiosa e oportuna questão leva-nos a outra muito mais antiga,bíblica mesmo:"Amai o próximo como a ti mesmo"...O que é amar o próximo como a mim mesmo?...Como posso amar o próximo como a mim mesmo?...Devo eu amar o outro e de igual modo a mim analogamente?...é absolutamente necessário que percebemos essas duas frases-a antiga e a moderna-pois elas remetem-nos á relacão entre o EU e o OUTRO, tendo pelo meio o amor.Não será assim?

As duas frases a lei Divina e a lei mundana apresentam a indisponibilidade de haver amor tanto para nós mesmos como para os outros;doado obviamente com generosidade,com cuidado,com atenção e com compaixão.Mas como posso doar algo se não tenho nem para mim mesmo?...Como saberei-me amar-me sem ser egoísta e oportunista na minha relação com o outro?

Amar significa também prover a subsistência e o prazer.Como se encontra a sua vida dentro destas duas questões fundamentais?
Será que está se alimentando adequadamente ou,simplesmente,está a encher-se de "lixo" achando que,na realidade,está muito bem assim?...

Estará sobrecarregando-se com atividades de todo o género e não sobra tempo para dormir sossegadamente?...Encontra-se em estado de stress continuo?...De todas as vezes que as pessoas lhe pediram algo,quanta vezes,que dentro do seu coração teve vontade de dizer "não",mas,ao contrário disse "sim"?...Será que já não possui um vocabulário que contenha um não dentro de si?...Será que automáticamente,atenderá a todas as requisições feitas à sua pessoa?
Estas últimas questões têm a ver com a subsistência do seu eu físico(ego)e da sua individualidade dentro da sua própria vida,e claro nas suas próprias relações com os demais!

Om Shanti de Carlos Amaral

Nenhum comentário:

Postagens Recentes