Além do horizonte, existem outros mundos a serem descobertos.
Lá, folhas não caem, elas flutuam.
Lá, o meio de transporte são pássaros que vem até você e com o suspiro de seu amor, neste mundo todos andam de mãos dadas lá é aonde a harmonia toma conta da natureza de todas as espécies viventes.
Lá, não colhemos flores, mas as flores colhem a gente.
Chegou o tempo de despertar e acreditar que esta vida vale apena ser vivida.
-Rhenan Carvalho-

quarta-feira, 30 de março de 2016

Sabedoria Retrospectiva

Depois de brigar, resmungar e ser desagradável com o outro, é tarde demais para ser sábio e perceber que não havia sentido no que você fez. Agora isso de nada vale, pois você já fez o mal. Essa sabedoria é apenas uma falsa sabedoria, que leva você a sentir “como se” tivesse entendido. Esse é um truque do ego, mas essa sabedoria não irá ajudar. Quando você estiver fazendo…o algo, naquele exato momento, simultaneamente, a consciência deveria surgir e você deveria perceber: o que você está fazendo é inútil.
Se você puder perceber isso quando tiver acontecendo, você não poderá fazê-lo. Nunca podemos ir contra a própria consciência, e, se formos contra ela, essa consciência não é consciência. Algo mais está sendo confundido com ela.
Assim, lembre-se: o outro nunca é responsável por coisa alguma. O problema é algo que esta fervendo dentro de você. E, é claro, a pessoa que você ama está mais perto; você não pode jogar seus disparates sobre algum estranho que esteja passando pela rua; assim, a pessoa mais próxima se torna o lugar onde você atira e despeja seus disparates. Mas isso precisa ser evitado, pois o amor é muito frágil. Se você fizer isso demais, se o fizer em excesso, o amor poderá desaparecer.

O outro nunca é responsável. Tente tornar esse entendimento um estado de consciência tão permanente que, sempre que você começar a encontrar algo errado no outro, você se lembre dele. Pegue-se em flagrante, abandone isso naquele mesmo instante e peça desculpas.

Nenhum comentário:

Postagens Recentes