Além do horizonte, existem outros mundos a serem descobertos.
Lá, folhas não caem, elas flutuam.
Lá, o meio de transporte são pássaros que vem até você e com o suspiro de seu amor, neste mundo todos andam de mãos dadas lá é aonde a harmonia toma conta da natureza de todas as espécies viventes.
Lá, não colhemos flores, mas as flores colhem a gente.
Chegou o tempo de despertar e acreditar que esta vida vale apena ser vivida.
-Rhenan Carvalho-

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Ser

A disposição e alegria de um cãozinho, seu amor incondicional e sua presteza em festejar a vida a qualquer momento costumam contrastar muitas vezes com o estado interior do dono do cão, deprimido, ansioso, cheio de problemas, esmagado por pensamentos, ausente da única hora e do único lugar que existe: o aqui o agora. Até nos perguntamos: como é que o cãozinho consegue continuar tão alegre e sadio vivendo ao lado dessa pessoa?

Quando você percebe a natureza apenas através da mente e do pensamento, não pode sentir a força de vida presente nela. Você só vê sua forma e não se dá conta da vida que existe dentro da forma: o mistério sagrado. Perceba como a flor é presente, como ela se entrega à vida. Observe um animal, uma árvore, e veja como eles repousam no ser. Sinta a imensa dignidade, inocência e dimensão que existem neles.

Preste atenção na sua respiração e perceba que não é você quem a controla. É a respiração da natureza. Se você precisasse lembrar de respirar, morreria logo. E se tentasse parar de respirar, a natureza se encarregaria de manter a respiração. Você precisa da natureza como sua mestra para ajudar a religar-se com o ser.

Você não é separado da natureza. Todos nós fazemos parte da vida única que se manifesta de inúmeras formas no Universo. Formas completamente interligadas. Quando você reconhece o sagrado, a beleza, a incrível calma e dignidade de uma flor e de uma árvore, você acrescenta algo à flor ou à arvore. A flor, a árvore, o pássaro e a pedra não têm noção da sua beleza e do seu caráter sagrado. Através do seu reconhecimento, da sua percepção, a natureza também passa a se per5ceber. Através de você, ela passa a perceber sua própria beleza e seu caráter sagrado.

Quando os seres humanos conquistam a calma, eles vão além do pensamento. Na calma e no silêncio há uma dimensão adicional de conhecimento e de percepção que fica além do pensamento. A natureza pode levar você à calma interior. É um presente dela. Quando você sente a calma da natureza e participa dela, essa calma fica permeada e enriquecida pela sua atenção. ESSE É O SEU PRESENTE PARA A NATUREZA.

Eckhart Tolle
Em "Poder do Silêncio"

Nenhum comentário:

Postagens Recentes