Além do horizonte, existem outros mundos a serem descobertos.
Lá, folhas não caem, elas flutuam.
Lá, o meio de transporte são pássaros que vem até você e com o suspiro de seu amor, neste mundo todos andam de mãos dadas lá é aonde a harmonia toma conta da natureza de todas as espécies viventes.
Lá, não colhemos flores, mas as flores colhem a gente.
Chegou o tempo de despertar e acreditar que esta vida vale apena ser vivida.
-Rhenan Carvalho-

sábado, 11 de julho de 2009

O Amor

Estimados Amigos,

O amor é a mais sublime, inerente e transformadora força natural que acompanha o ser humano durante todo o seu processo evolutivo. Ele é tão conectado ao indivíduo quanto a pele é ao corpo. Tão necessário à sobrevivência quanto o oxigênio. Tão vivificante quanto os raios de sol e tão inexplicável quanto o fantástico florescer de um jardim.

No entanto, apesar de seus benéficos atributos e veneráveis substâncias, o amor parece ser amplamente negligenciado, ou ignorado, durante o processo educativo da humanidade, isto é, não apenas o amor é desatendido, mas ele é impiedosa, desprezível e erroneamente desestimulado por famílias onde a desavença, a intolerância e o autoritarismo substituem o entendimento, a paciência e a liberdade.

Ele é execrado, torturado e manipulado por uma sociedade onde a aparência, a futilidade e a subserviência tomaram o lugar dos valores morais, da busca pelo entendimento e pelo conhecimento da essência humana e do irrevogável direito que cada indivíduo possui de lutar para transformar sua utopia em realidade.

Ademais, o amor é, constantemente, vilimpediado, subornado e hostilizado por inconsequentes e massivas difusões e propagações de guerras, desavenças e segregações cujas incoerências históricas e factuais apenas demonstram o quanto a cegueira do poder pode ludibriar e corremper os atos e objetivos humanos.

Entretanto, a despeito de tão fortes e nocivas realidades que assolam sobre o coração de muitas pessoas neste planeta, pelo magnânimo fato de que o amor está, ainda que latente, na natureza de cada pessoa, sempre existirá a esperança de que ele emanará livremente da consciência humana como uma vertente que, veementemente, jorra sua cristalinas moléculas montanha abaixo.

Ademais, sempre e quando existir uma mãe com um fraterno sorriso para sua criança, ela poderá estender tal atitude para com toda a humanidade. Sempre e quando existir um pai carinhoso e caridoso para com sua família, ele poderá levar tão venerável postura para a sociedade onde ele habita. Sempre e quando um estranho for recebido com fraternidade numa nova terra, tal comportamento terá afetuosamente atrevessado fronteiras que, outrora, pareciam ser intransponíveis. Sempre e quando uma pessoa conseguir despertar em seu caráter uma dose de empatia para com os necessitados, ela terá deixado um venerável legado em sua caminhada.

Além disso, sempre e quando estas e infinitas outras possibilidades estiverem acontecendo no quotidiano da humanidade, o homem saberá que sua real e amorosa natureza está clamando por exaltar-se e, neste momento, ele apenas deve deixar tão ardente luz iluminar toda a sua estrutura, assim como, conscientizar-se do poder desta admirável substância para que ele possa mantê-la viva, abundante e distributiva.

Então, quando um indivíduo, a despeito de ignóbeis realidades, entender a natureza, a beleza e o poder do amor, assim como da característica inerente que o mesmo possui em sua essência, ele estará manifestando uma força que impactará sua vida de uma maneira benéfica, fascinante e inesquecível.

Assim sendo, que cada ser humano tenha a coragem, a determinação e o esforço de sentir, de compartilhar e de receber amor a todo o momento, seja ele para com os seres humanos, para com os animais, para com a natureza e, principalmente, para consigo mesmo.

Desta maneira, desejo-vos uma semana repleta de amor, afabilidade e paz.

Com amor e carpe diem,

Tadany

Nenhum comentário:

Postagens Recentes