Além do horizonte, existem outros mundos a serem descobertos.
Lá, folhas não caem, elas flutuam.
Lá, o meio de transporte são pássaros que vem até você e com o suspiro de seu amor, neste mundo todos andam de mãos dadas lá é aonde a harmonia toma conta da natureza de todas as espécies viventes.
Lá, não colhemos flores, mas as flores colhem a gente.
Chegou o tempo de despertar e acreditar que esta vida vale apena ser vivida.
-Rhenan Carvalho-

quinta-feira, 26 de julho de 2012

O que é Carma?


O carma é um conceito central nas religiões orientais como o hinduísmo, budismo, siquismo e o jainismo. A palavra "carma" vem do sânscrito "karman", que significa "agir". Em geral, acredita-se que as ações influem na qualidade de nossa presente vida e nas futuras. Boas ações criam um bom carma e más ações, um carma negativo. Os efeitos do carma podem se manifestar imediatamente, no final da vida ou após muitas vidas. Algumas religiões vêem o carma como a lei que rege a reencarnação. Outras acreditam que o carma é algo particular, que acompanha nossa alma e precisa ser removido através de atos de devoção.

No Ocidente, a idéia relativamente moderna de carma não é bem uma realidade espiritual e sim, uma espécie de sorte influenciada por boas ações. É uma tentativa atraente em influenciar a sorte, algo aparentemente fora do nosso controle, com ações específicas. A maioria das pessoas concordaria que é razoável acreditar que o bom comportamento seja digno de uma recompensa e de que o mau comportamento seja punível. O carma também é uma maneira conveniente de explicar sofrimentos aparentemente aleatórios. Numa geração racional, o carma é uma forma popular e legitimizada de superstição, diferente da reencarnação.

Fonte: internet

Postagens Recentes