Além do horizonte, existem outros mundos a serem descobertos.
Lá, folhas não caem, elas flutuam.
Lá, o meio de transporte são pássaros que vem até você e com o suspiro de seu amor, neste mundo todos andam de mãos dadas lá é aonde a harmonia toma conta da natureza de todas as espécies viventes.
Lá, não colhemos flores, mas as flores colhem a gente.
Chegou o tempo de despertar e acreditar que esta vida vale apena ser vivida.
-Rhenan Carvalho-

domingo, 3 de junho de 2012

Eu Sou!

Esta é uma meditação da Unidade. Eu sou luz! reflete a luz de Deus de tudo aquilo que é! Eu Sou vibra no tom da Mônada Maior, Divina Presença em ação.

Eu Sou...
A harmonia é o tom divino que me guia em direção à beleza e ao amor
Eu sou a harmonia que ilumina o meu coração e a alma com a inspiração, intuição.
Pela vontade do Atma, manifestada através da centelha divina ou joia no lótus. Eu Sou Luz! 
Pelo amor-sabedoria de Buddhi manifestando-se pelos raios ou joia no lótus de 12 pétalas Eu sou!
Pela inteligencia ativa ou manas manifestando-se pelo aspecto substância ou átomos permanentes. Eu sou Luz!
Eu sou aquele que atrai os anjos solares à nossa atmosfera!
Eu sou aquele que canta nos ventos com os elementares, Devas, fadas e gnomos.
Eu sou a Luz que emana da mônada do reino mineral, vegetal, animal.
Eu sou a mônada que une todas as mônadas humanas em suas miríades de grupos.
 Eu sou UM-a só consciência. Eu sou a mônada planetária , soma de todas as vidas que fazem parte do esquema planetário. Eu Sou a mônada solar, soma de todas as vidas do sistema solar. EU SOU! Eu Sou a alma de todas as coisas. EU SOU o todo desenvolvido em tudo. Veja-me em toda parte, Ser Amado! EU SOU a manhã, Zéfiro suave Enquanto viaja pela planície; EU SOU a música do riacho Sempre correndo para o mar. Eu Sou a Unidade, Que move milhões de centelhas Que ilumina o Sol Espiritual Central. Eu Sou a porta aberta que nunca fecha. Eu sou a União que move do dharma do Mundo. EU SOU beijos cálidos e brilhantes da Luz do sol. EU SOU as a água da chuva que abençoa a Terra. EU SOU o hálito bem-vindo da primavera. Que traz vida nova outra vez. EU SOU o broto da semente, Que nasce o amor O botão de uma flor. Que exala o perfume da vida. EU SOU a canção alegre das aves, Que cantam quando Hermes voa nos ventos da sorte O sussurro das folhas; EU SOU a força sagrada da vida Que caminha com a vitória Eu Sou um tudo que respira. EU SOU a emoção da harmonia que você sente, mas não descreve; Eu sou o equilíbrio que move a existência, EU SOU a lei rígida, imutável, que dirige bem todas as coisas.
EU SOU a Luz que nunca falha, o Poder que nunca morre. EU SOU a voz interior, calma, baixa, que ordena à alma: “Desperte!”
EU SOU o fruto do pensamento mais elevado, EU SOU o cabo de ferro que sustenta e fortalece você; EU SOU o que os homens chamam Deus.
EU SOU o murmúrio suave, doce, que diz que sua alma pertence, a  obra mais importante.
EU SOU a canção das canções! Eu Sou uma só consciência. Eu Sou tudo aquilo que é.
Eu e o Pai somos Um.
Eu Sou! Dharma dhannya.
Este texto eu fiz inspirado em vários autores.
-Michel coquet-.

Postagens Recentes