Além do horizonte, existem outros mundos a serem descobertos.
Lá, folhas não caem, elas flutuam.
Lá, o meio de transporte são pássaros que vem até você e com o suspiro de seu amor, neste mundo todos andam de mãos dadas lá é aonde a harmonia toma conta da natureza de todas as espécies viventes.
Lá, não colhemos flores, mas as flores colhem a gente.
Chegou o tempo de despertar e acreditar que esta vida vale apena ser vivida.
-Rhenan Carvalho-

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Sobre a Verdade

È muito difícil definir o que vem a ser evolução do homem no sentido existencial. Nossa existência acaba se transformando em uma luta para alcançar a liberdade intimamente desejada, ou em outra luta para conseguir ser o que nos foi imposto por vários segmentos que formaram a cultura.

Nascemos livres e somos livres - absolutamente livres! Mas até compreender esta liberdade e saber o que fazer com ela, necessitamos de um longo percurso que é chamado de autoconhecimento.

Gosto muito do pensamento de Khishnamurti. Vale a pena conhecer um pouco da sua obra. O que ele chama neste texto de Verdade, para mim, nada mais é do que Liberdade e Amor, o seu acolhimento.

Sergio Apollinario

Sobre a Verdade

Não há caminho para a verdade, ela deve vir até você. Mas a verdade virá tão somente quando sua mente e seu coração forem simples, puros. Quando lá
existir o amor. Não haverá espaço para a verdade se o seu coração estiver ocupado com as coisas da mente. Quando há amor no seu coração, você não fala sobre organizar-se em irmandades; você não fala sobre crenças; não fala sobre divisões forças que criam conflitos. Não precisa esforçar-se por reconciliações. Você é simplesmente um ser humano sem rótulos, sem bandeira. Isto significa que você precisa despir-se de todas aquelas coisas e deixar a verdade entrar em seu ser.

Ela virá quando a mente estiver vazia, quando a mente parar de alimentar estorvos. Então a verdade chega sem ser convidada. E ela virá tão rápida quanto o vento. Ela chega de repente, quando você não estiver olhando nem a espera. Súbita como o Sol, pura como a noite. Mas para recebê-la seu coração deve estar cheio e sua mente vazia...Como estão eles agora?

Assim, não há nenhum caminho para a verdade, e não há duas verdades. Verdade não é do passado ou do presente, é "atemporal"; e o homem que cita a verdade do Buda, de Shankara, do Cristo, ou que repete o que eu estou dizendo somente, não achará a verdade, porque a repetição não é nenhuma verdade. Repetição é uma mentira. Verdade é um estado de ser que surge quando a mente - que busca dividir, ser exclusiva, que só pode pensar em termos de resultados, de realização - se acabou. Só então a verdade poderá estar lá.

A mente que está fazendo esforço, enquanto se disciplinando para alcançar um fim, não pode saber a verdade, porque a meta é sua própria projeção, e a perseguição daquela projeção, mesmo nobre, é uma forma de auto-adoração.

Tal ser que está adorando a si mesmo não pode conhecer a verdade.

Verdade só será conhecida quando nós entendermos o processo total da mente, quer dizer, quando não há nenhum "conflito".

. ...Verdade não é contínua, não tem nenhum lugar permanente, só pode ser percebida de momento a momento.... A verdade é sempre nova; é ver o mesmo sorriso, e vê-lo como novo, é ver a mesma pessoa, e ver uma pessoa nova, é ver as novas palmeiras ondulantes, conhecer a vida novamente.

J. Krishnamurti.

Nenhum comentário:

Postagens Recentes